Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Você sonha em estudar no exterior? Este sonho pode virar realidade

Fazer intercâmbio está mais próximo do que você imagina. Confira as oportunidades que o Grupo SER oferece e boa viagem
Por: Paula Brasileiro 27/04/2017 - 12:23 - Atualizado em: 27/04/2017 - 13:00
O Grupo Ser oferece diversas oportunidades pra quem sonha com o intercâmbio
O Grupo Ser oferece diversas oportunidades pra quem sonha com o intercâmbio

Estudar no exterior pode estar mais perto do que se pode imaginar. O Grupo SER Educacional oferece bolsas para programas de duração diversas e, também, cursos com valores acessíveis oferecidos em parceria com outras instituições, como o Banco Santander. Para participar, basta estar cursando entre o quarto e penúltimo período de qualquer curso da graduação. Interessou? Então, confira como fazer para conseguir uma vaga em um destes programas de intercâmbio.

- Destinos e programas

Espanha - Pelo Top España você terá um curso de espanhol pelo período de três semanas, na Universidad de Salamanca. Os custos deste intercâmbio são pagos pelo Santander.Chile e Argentina - Os programas Íbero Americano e Fórmula Santander oferecem um semestre da faculdade no exterior, cursando disciplinas do seu curso atual.

Itália - Um curso de 20 horas da cultura italiana, um mini curso de italiano básico - voltado para a linguagem do cotidiano - e um curso de Gastronomia. Este programa será realizado entre 02/10 a 27/10.

Estados Unidos - Curso de inglês intensivo na Troy University, no Alabama, por 15 ou 30 dias.

- Gastos

Os programas em parceria com o Banco Santander oferecem bolsas (para o ìbero Americano, 3 mil euros para todo o semestre; Fórmula Santander, 5 mil euros). Estes valores cobrem os gastos básicos do aluno (passagem, visto, hospedagem e alimentação), ficando por sua conta despesas extras. Nos demais programas, os custos são de total responsabilidade do estudante. Para estudar na Troy University, os valores são de U$ 3200 (um mês) e U$ 1950 (15 dias) e, para o curso na Itália, 1.200 euros.

- Como conseguir uma bolsa?

Para os cursos pagos pelo próprio aluno, qualquer um pode participar. Para os que pretendem tentar uma bolsa, é preciso fazer uma inscrição no site do Santander Universidades e enviar ao setor de Relações Internacionais do Grupo SER (localizado no prédio da Reitoria da UNINASSAU, no bairro das Graças - Recife) toda a documentação solicitada nos editais do Santander e do Grupo SER.   

- Critérios de seleção e quantidade de vagas

São avaliados a média global do aluno, seu currículo, carta de recomendação do professor e, em alguns casos, é realizado um teste psicológico. Para o Íbero Americano são oferecidas 10 bolsas; para o Fórmula Santander, duas; e, para o Top España, também duas.

- Quem procurar?

Para saber mais informações ou, até mesmo, já se inscrever em um dos programas, basta procurar o Setor de Relações Internacionais do Grupo SER, na Rua Fernando Lopes, bairro das Graças, no Recife (prédio da Reitoria da UNINASSAU). Pelo telefone, basta ligar para (81) 2121-5906 ou (81) 98432-2307 (whatsapp, também), e falar com Luciana Feitosa.    

Palavra de intercambista

A arquiteta Priscila Araújo, de 26 anos, já vivenciou a experiência e garante que, além de voltar com o currículo enriquecido, ela também ampliou seu repertório de mundo: "Antes de sair do país eu tinha noção que o mundo tem uma imensidão de coisas a serem descobertas, mas foi apenas quando viajei que senti o impacto daquilo em minha vida e pude viver isso. Vou te contar, a sensação é maravilhosa".

Em 2015, quando ainda estava na graduação, na UNINASSAU, Priscila conseguiu uma bolsa para cursar um semestre de Arquitetura na UDD - Universidad del Desarrollo - na cidade de Concepción, Chile. Ela foi contemplada com uma das vagas oferecidas pelo Grupo SER em parceria com o Santander Universidades. "Fui bem instruída pelo setor de Relações Internacionais do Grupo e pude passar pelo processo sem muitas complicações.", conta.

Durante o intercâmbio, a jovem aprendeu bastante sobre a profissão que escolheu e, de bônus, pôde conhecer pessoas das mais diversas culturas. Uma experiência que, para ela, ficará para sempre: "É incrível como você não tem noção da importância do intercâmbio até passar por ele. Fui influenciada de diversas formas. Pude conviver com futuros arquitetos de outros países e ter ideia de como é o ensino e a aplicação da minha área no Chile, me fornecendo novas formas de ver a arquitetura. Na vida pessoal, tive noção de quão grande o mundo é, com toda sua diferença de línguas e culturas, as diversas pessoas que moram bem 'ali ao seu lado' mas que você não tem ideia de como são".

Dicas de quem sabe

Se você está pensando em fazer um intercâmbio mas não tem noção do que vai encontrar pela frente, fique atento a estas dicas da Priscila. Ela te conta o que todo intercambista sonha em ouvir mas só descobre quando chega a seu destino.

"O medo é enorme, sair da zona de conforto para um mundo totalmente diferente do seu assusta demais, mas basta apenas você conseguir manter contato com a família e se abrir a novas amizades que a sensação do medo passa;"

"Aproveite cada dia em que você está lá, experimente a culinária, faça amizades, conheça o máximo que puder daquele país, aprenda o que puder sobre sua carreira, porque o tempo passa muito rápido, seis meses lá passaram num piscar de olhos;"

"Junte o máximo de dinheiro que puder porque você vai querer comprar muitas coisas;"

"E, por fim, sim você vai se apaixonar pelo país e vai sofrer pra voltar pra casa, tanto quanto ou até mais do que sofreu para sair daqui. Você vai sentir falta do povo, da cultura, das amizades, de tudo, vai sentir anos após sua experiência e vai querer voltar novamente e quantas vezes puder. Mas lembre-se: o mundo é enorme e existem muitos outros Países e culturas e pessoas para conhecer, então aproveite para conhecer o mundo e agarre toda oportunidade que puder. Arrisque!"

 

Comentários