Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Educação


Verão: Nutricionista explica os cuidados com a alimentação na praia

Da higiene do preparo à hidratação, quais os principais cuidados que se deve ter ao se alimentar na praia
Assessoria de Comunicação Por: Berg Braga 07/01/2021 - 16:06
Com a chegada do verão e com o período de férias, as praias ficam lotadas de turistas ou moradores da própria cidade litorânea que desejam um merecido descanso. Mas não é porque é férias que se pode descuidar da alimentação. A Nutricionista clínica e esportiva, Mestra em educação na área da saúde e coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade UNINASSAU Caruaru, Steffany Pontes, explica os motivos para esse cuidado com a alimentação na praia.  
 
Segundo ela, um primeiro aspecto a ser pensado é a qualidade de higiene dos alimentos, em especial agora na época do coronavírus. “Prefira comprar alimentos de locais com melhor higiene e melhor procedência; por exemplo, evitar comprar alimentos de vendedores que não estejam utilizando máscara ou que manipulem dinheiro e o alimento sem lavar as mãos”, alerta a nutricionista.  
 
Outro ponto, segundo a nutricionista, são as pessoas que não querem “enfiar o pé na jaca” e querem manter um certo equilíbrio na alimentação neste período. Na praia é possível sim, ter opções saudáveis para se alimentar.  
 
“Você pode preferir alimentos como coco, água de coco, espetinhos de carne/frango, caldinho de feijão simples, ovo de codorna, peixes, frutas e suco de frutas. Os sorvetes podem ser consumidos por pessoas saudáveis com moderação, dê preferência aos mais simples de frutas e a base de água. É interessante nesses casos evitar alimentos como frituras (batata frita, coxinhas, etc), cachorro-quente e comidas mais pesadas como uma caldeirada de frutos do mar e pirão, por exemplo”, indica a profissional.  
 
“Lembre-se de beber água para se hidratar. Nada de trocar água por sucos, refrigerantes ou drinks. O que realmente hidrata é o consumo da água e no calor que estamos vivendo nesta estação, beber água é de extrema necessidade mesmo sem estar com sede”, alerta a nutricionista.  
 
Pontes enfatiza ainda que as pessoas também podem levar o lanche que será consumido de casa. Segundo ela, nesse caso é mais seguro e saudável, principalmente se as pessoas estiverem com crianças e idosos.  
 

Comentários