Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Educação


Veja o que é necessário em um artigo científico

Por: 17/11/2021 - 16:41
Pixabay
Escrito por: Ruan Reis
 
O lugar onde mais iremos ouvir falar sobre artigos científicos é nas instituições de ensino superior. A produção de textos científicos serve para nortear e expor de maneira clara, concisa e confiável, os resultados de pesquisas, discussões e ideias que ajudam no avanço da ciência. 
 
Os pesquisadores podem produzir, por exemplo, um artigo de revisão bibliográfica, no qual se aprofunda e comenta sobre determinado tema que já foi escrito anteriormente, ou sobre um estudo de caso, que possui uma abordagem mais individual do aluno.
 
Mas, afinal, o que é necessário fazer em um artigo científico?
 
A estrutura de um artigo científico varia conforme o periódico em que será publicado. Mas, de modo geral, deve conter título, resumo, sumário, introdução, revisão bibliográfica, objetivo, método, resultados, discussão, conclusão e referências. 
 
De acordo com a Associação Nacional de Pós-graduandos (ANPG), o passo para elaborar um artigo científico é estabelecer o tema e o problema de pesquisa. “É altamente recomendável que você pesquise e escreva sobre um tema que realmente seja de seu interesse. Isso porque trabalhos acadêmicos costumam exigir muita dedicação do acadêmico, sendo assim é aconselhável que você tenha afinidade com o que vai estudar já que ficará um bom tempo debruçado sobre ele”, explicou o órgão em nota.
 
Já o problema de pesquisa, segundo a ANPG, precisa olhar para o tema e buscar um aspecto particular e relevante. É nesta parte que aparecem as questões, dúvidas e pontos não esclarecidos. “Use estes insights para formular seu problema de pesquisa”, diz o órgão.
 
Outra dica pontuada pela associação é estruturar bem o artigo e a argumentação. Ou seja, após escolher o tema e se debruçar sobre o problema, é recomendado fazer alguns rascunhos de desenvolvimento e levantar algumas hipóteses. “Nesse ponto uma boa dica é listar os argumentos que conseguiu encontrar para sustentar a pesquisa. Cada item dessa lista pode se tornar uma seção do seu artigo”, explica.
 
“Depois de feito esse rascunho você deve elaborar cada uma das partes. Inclua dados que encontrou na pesquisa, embasamentos teóricos de autores relacionados ao seu tema, e caso necessário, imagens e gráficos e siga na sua argumentação com muita densidade”, elenca.
 
Ter o cuidado com a linguagem é fundamental em qualquer texto científico, que deve seguir estritamente as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Além disso, o pesquisador, em seu processo de pesquisa e leitura, pode se perder um pouco na argumentação, adicionando, segundo a ANPG, informações que ainda não haviam sido contextualizadas ou deixando de explicar algum conceito muito essencial. “Portanto preste muita atenção no encadeamento de ideias, na coesão e na coerência”, aconselha o órgão.
 
Por fim, revise todo o seu artigo científico. Isso é um passo muito importante. De acordo com a ANPG, o recomendado é deixar para fazer uma revisão alguns dias depois de concluído, assim sua mente estará mais descansada e será mais fácil identificar erros. “Você também pode pedir para um amigo ler e ver se consegue compreender o que você está querendo dizer. Quanto à linguagem, ela deve sempre ser muito clara e objetiva”, conclui.

Comentários