Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Veja 5 dicas para arrumar um emprego temporário

Mandar o currículo com certa antecedência pode ser um dos diferenciais na hora da contratação
Por: Katarina Bandeira 15/03/2018 - 08:53 - Atualizado em: 15/03/2018 - 10:01
Faça com que as pessoas comecem a prestar atenção no que você está fazendo. Foto: Freepik
Faça com que as pessoas comecem a prestar atenção no que você está fazendo. Foto: Freepik

Durante todo o ano somos presenteados com datas comemorativas que fazem a alegria dos comerciantes. Natal, Dia das Mães, Dia dos Pais, entre outras celebrações ajudam a movimentar a economia, por incentivarem a compra de presentes para as pessoas queridas, além de gerarem os tão necessários empregos temporários. Com a chegada da Páscoa, novas oportunidades podem aparecer para quem procura um emprego por tempo determinado. O comércio abre as portas e as vagas para os interessados. Mas você sabe o que precisa para conquistar uma vaga e dar aquela crescida na renda? Confira nossas dicas e boa sorte!

1. Coloque a cara no sol e nas redes

Para encontrar um emprego é preciso primeiro procurá-lo. Experimente conferir quais as empresas geralmente contratam nessa época do ano e prepare seu currículo da melhor forma. Atualizar seu perfil em redes como o Linkedin, muito acessada por contratantes em potencial, permite que você se mostre disponível para o mercado. Procure e se inscreva em vagas online, mas não esqueça do currículo físico. Para alguns setores, geralmente ligados ao comércio, entregar um currículo em mãos, com suas habilidades e experiências anteriores pode fazer a diferença e dar a chance de você conferir o local que pretende trabalhar.

2. Procure algo que você já tenha conhecimento

Investiu em algum curso de vendas, oratória ou de cozinha, durante o tempo livre? Então que tal ir atrás de vagas que precisam dessas habilidades? Apresentar-se com uma competência requerida pelo empregador vai fazer os olhos do recrutador brilharem ao seu encontro e, com certeza, será um diferencial quando comparados a outros candidatos que não tenham as mesma especificações. Como as vagas temporárias são mais urgentes e não denotam tanto tempo para o aprendizado, as chances de ser contratado em um emprego temporário são maiores se você já souber o que fazer.

3. Prepare-se para se destacar

Entrevistas para empregos temporários são geralmente mais objetivas do que realizadas para um trabalho de maior duração. O processo seletivo também costuma ser mais curto. Para se sair bem foque nas experiências e habilidades que podem se destacar durante a conversa com o recrutador. Também  é interessante conhecer mais sobre o ambiente que você pretende se candidatar. Saber sobre o perfil da empresa durante a entrevista mostra que você está interessado na vaga.

4. Freela é o novo temporário

Quando pensamos em trabalhos por tempo determinado as vagas de comércio são as primeiras a passar pela mente. Porém, o freelance, trabalho sem vínculo empregatício, também pode ser considerado um emprego temporário. A diferença aqui é que, ao invés de buscar o serviço é você quem vai oferecê-lo. Nesse caso é importante saber como impressionar o seu cliente em potencial. Crie um portfólio, mostre o que você já fez e mantenha suas redes sociais atualizadas, sempre respondendo em tempo hábil a dúvida de quem se mostrar interessado em seus serviços. Isso fará com que as pessoas comecem a prestar atenção no que você está fazendo e passem a acionar cada vez mais o seu trabalho.

5. Não espere até a última hora

Se você quer aproveitar as datas comemorativas ou os feriados religiosos, como a Páscoa, para ganhar aquele extra, vale começar a mandar currículos o quanto antes. Por serem datas que movimentam o comércio, muitas lojas começam a se preparar com meses de antecedência, principalmente para funções que necessitam de um treinamento mais elaborado. Tente mandar com uma média de dois meses antes da data que você deseja trabalhar. Isso dará tempo ao recrutador para a análise do currículo, marcação de entrevista e treinamento, quando necessário.

 

Gostou da nossa matéria? Conta para a gente se você tem alguma outra dica para garantir o emprego temporário!

 

Comentários