Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Vacinação garante o bloqueio de transmissão de doenças

Rubéola, varicela, tétano, poliomielite são algumas doenças que só são prevenidas com vacina
Assessoria de Comunicação Por: Gabriella Moura 27/10/2020 - 15:35
Vacinação
A vacinação garante tanto a proteção individual quanto coletiva da população. Doenças como difteria, rubéola, varicela, tétano, poliomielite, caxumba são imunopreveníveis, ou seja, podem ser evitadas de forma eficaz por meio das vacinas. O enfermeiro sanitarista e professor da Faculdade UNINASSAU Petrolina, Victor Hugo Martins, destaca que a vacinação bloqueia a propagação de doenças que podem levar à óbito ou sequelas graves.   
 
“A vacina vem com a proposta de dirimir os efeitos prejudiciais das doenças infectocontagiosas e, nesse contexto, a ideia é bloquear o contágio. Quanto maior o número de pessoas vacinadas, menor a possibilidade de contágio e transmissão de doenças, por que subentende que o vírus não está circulando”, destaca Victor.  
 
O imunizante cria defesas no organismo por meio de anticorpos. Quando o corpo é atacado por algum agente infeccioso, o nosso corpo produz naturalmente anticorpos para a defesa. Mas, essa produção, por vezes, não acontece tão rapidamente para combater a infecção, então a vacina prepara o organismo para esse combate.  
 
O especialista pontua que “nenhuma vacina é 100% eficaz, por isso que quando se fala de doenças com grande carga de transmissibilidade, é preciso vacinar o maior numero de pessoas e garantir a vacinação coletiva. Ela age diferentemente em cada organismo, por isso há pessoas que mesmo vacinadas adoecem, pois a substância perde efeito”, explica. 
 
Campanhas nacionais, campanhas de atualização, dias D são estratégias utilizadas pelo Ministério da Saúde (MS). “A intenção é sensibilizar a população para a imunização, oportunizando atualizar a caderneta de vacinação com novas doses, a depender da idade, bem como com doses atrasadas”, acrescenta o professor.   
 
Devido a eficácia da cobertura vacinal, doenças como rubéola, poliomielite, difteria foram erradicadas do Brasil. 

Comentários