Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Universitários realizam campanha de higiene das mãos em escolas da região

Hábito pode reduzir em até 40% o risco de contaminação
Assessoria de Comunicação Por: Gabriella Moura 22/05/2019 - 10:26
Imagem mostra alunos em circulo na sala de aula
Campanha passa por escolas públicas e privadas
O simples ato de lavar as mãos pode prevenir e proteger de doenças comuns como gripe, diarreia, conjuntivite e dor de garganta. Pensando nisso, estudantes dos cursos de saúde, da Faculdade UNINASSAU Petrolina, estão promovendo uma campanha educativa em escolas públicas e privadas, nas cidades de Petrolina, Juazeiro e Sobradinho, para orientar sobre a importância de higienizar as mãos.
 
A professora da disciplina de Biossegurança, Amanda Souza, destaca que as mãos são as principais vias de transmissão de germes e micro-organismos. “Olhos, nariz e boca são os locais de entrada mais comuns para os micro-organismos, já que são regiões que as pessoas tocam com maior frequência sem perceber”, contou a professora.
 
Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o hábito de lavar as mãos pode reduzir, em até 40%, a contaminação por vírus e bactérias. “Nada melhor do que estimular bons hábitos que geram saúde ainda na infância, sensibilizando os pequenos para o cuidado com a higiene antes de manusear objetos, alimentos, já que pertencem a um grupo mais sensível”, acrescentou Amanda.
 
A higiene das mãos é um assunto tão importante que a OMS instituiu o mês de maio (05 de maio) para estimular o hábito com programas e ações, especialmente nos ambientes hospitalares, garantindo a biossegurança do local, paciente e profissional de saúde.
 
Como lavar as mãos corretamente
 
1. Molhe as mãos com água corrente limpa;
2. Aplique sabonete (líquido ou em barra) até formar bastante espuma;
3. Esfregue por, pelo menos, 20 segundos. Comece pelas palmas das mãos, em seguida, lave a parte de trás delas e, depois, entre os dedos e embaixo das unhas;
4. Enxágue bem.
Quando não há água e sabonete disponíveis, aplicar álcool em gel pode substituir esse procedimento.
 
 

Comentários