Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Educação


UNINASSAU realiza visita ao Museu Pontes de Miranda, do TRT/AL

Atividade foi organizada pelo Núcleo de Práticas Jurídicas e marcou a retomadas das visitas técnicas do curso de Direito
Assessoria de comunicação Por: Breno Leal 29/10/2021 - 08:57 - Atualizado em: 29/10/2021 - 08:59
UNINASSAU realiza visita ao Museu Pontes de Miranda, do TRT/AL
O UNINASSAU - Centro Universitário Maurício de Nassau Maceió, por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ), promoveu uma visita com os estudantes do sétimo ao décimo semestre do curso de Direito ao Museu Pontes de Miranda, do Tribunal Regional do Trabalho de Alagoas. A atividade ocorreu nesta quarta-feira (27) e seguiu protocolos de segurança contra a Covid-19. 
 
Os alunos foram acompanhados pelo advogado coordenador do NPJ da UNINASSAU Maceió, Vitor Montenegro, que destaca que foi um momento único e muito importante, por se tratar da retomadas das visitas técnicas que acontecem fora do Centro Universitário, levando os alunos a conhecerem e criarem intimidade com os ambientes que circularão quando se formarem.
 
"Além disso, é valiosa a oportunidade de conhecer a história da Justiça do Trabalho, com foco na de Alagoas, e aprofundar o conhecimento sobre o grande jurista alagoano Pontes de Miranda. Foi um momento de satisfação, muito enriquecedor para os alunos e, para a UNINASSAU, é uma honra ter sido a primeira Instituição de ensino a realizar uma visita ao local após o período de fechamento em virtude da pandemia", diz Vitor Montenegro. 
 
Aluna do oitavo período do curso de Direito, Ana Paula Tavela afirma que a atividade foi profissionalmente enriquecedora. "Valeu muito a pena, pois esse embasamento nos dará segurança nas futuras necessidades enquanto profissionais do Direito. Informação é tudo e quanto mais tivermos, melhor seremos na nossa atuação", fala a estudante da UNINASSAU.
 
Na oportunidade, o servidor do Museu Pontes de Miranda, Oswaldo Zaidan apresentou aos alunos a história da Justiça do Trabalho, como ela nasceu em Alagoas e compartilhou fatos e obras inestimáveis de Pontes de Miranda.

Comentários