Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Resposabilidade Social


UNINASSAU realiza evento em comemoração à Consciência Negra

Ainda será comemorado o aniversário de dois anos do projeto da UNINASSAU que luta contra o preconceito
Assessoria de Comunicação Por: Tuanna Mota 17/11/2016 - 12:15
imagem mostra mulher negra com turbante
Ainda será comemorado o aniversário de dois anos do projeto da UNINASSAU que luta contra o preconceito
O Xô Preconceito, projeto de extensão da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, estará promovendo um dia de atividades com o objetivo de debater o racismo e também comemorar os dois anos dos trabalhos de conscientização sobre os diversos tipos de preconceitos. O evento acontece em dois momentos – pela manhã (às 9h) e à noite (19h)- na próxima sexta-feira (18), no hall do bloco C da instituição. 
 
Será um momento de conscientização e demonstração da igualdade de direitos sem definição de raças, aproveitando a temática do dia da Consciência Negra, que será comemorado no dia 20 de novembro. O evento contará com a presença dos professores e alunos do curso de Direito que debaterão sobre as cotas raciais, com a participação da professora Gina Gouveia; Ainda será discutido o papel da mulher negra no Brasil, com uma abordagem sociológica da professora Conceição Gonçalves. Na esfera criminal, o professor José Roberto tratará da violência contra a população negra. Para finalizar, a aluna Daniele Bastos participará do evento falando sobre religiões afro-brasileiras.
 
Para a coordenadora da ação, professora Anna Priscila Lima Prado, o projeto completa dois anos de muita produtividade, lutando por uma sociedade mais tolerante, que respeite o indivíduo enquanto ser humano, independente, de raça, sexo, orientação sexual, gênero, religião ou parâmetro estético. “O Xô Preconceito vem aproximando a UNINASSAU da sociedade realizando eventos dentro e fora da instituição. Completar dois anos na semana que comemoramos o dia da consciência negra é de um grande significado, já que temos uma sociedade com preconceitos velados e devemos lutar contra estes estigmas, uma vez que o Ser Humano deve ser valorizado pela essência e não pela cor de sua pele,” enfatiza. 
 
O Projeto Xô Preconceito tem como objetivo levar informação e conscientização à sociedade civil sobre as temáticas relacionadas ao preconceito de raça, religião, orientação sexual, gênero e estética com o objetivo de lutar pela tolerância e respeito às diferenças. As atividades acontecem na Rua Fernando Lopes, número 778, bairro da Madalena. 
 

Comentários