Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


UNINASSAU fecha parceria com instituto para estágio de Fisioterapia

A iniciativa visa a troca de conhecimentos entre os alunos e a entidade
Assessoria de Comunicação Por: Susy Guimarães 16/09/2019 - 11:15
Imagem mostra estudante no Instituto
A iniciativa promoverá ampliação no acolhimento aos beneficiários assistidos pela unidade
A Faculdade UNINASSAU Aracaju firmou parceria com o Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe – IPESAÚDE, para estágio dos alunos do último período de Fisioterapia que terão a oportunidade de atuar no Centro de Reabilitação.
 
A iniciativa promoverá ampliação no acolhimento aos beneficiários assistidos pela unidade, além de contribuir para troca de conhecimentos com os alunos que já estão no último período. O estágio acontecerá em dois turnos e a preceptora, Juliane Alcântara, considerou a parceria positiva e de grande interesse dos alunos que poderão contar com novos conhecimentos.
 
Juliane observou que a parceria irá resultar numa excelente troca de experiências entre os estudantes, os pacientes e profissionais que atuam no Centro de Reabilitação. “Esse estágio será positivo sendo dividido em duas vertentes. Uma parte será voltada para a neurologia e a outra para um número maior de patologias”, disse a preceptora.  Ela explicou que o estágio vai durar aproximadamente 47 dias e serão 12 alunos divididos em duplas, sempre supervisionados, e que atenderão cerca de 20 pacientes.
 
Para a UNINASSAU é de grande importância manter parcerias desse sentido para que os alunos possam receber teoria e prática que viabilizam a formação do bom profissional. “Essa parceria é de grande valia para os estudantes, que terão contato com os pacientes e a possibilidade de interagir com profissionais de renome, o que promove um bom aprendizado”, ressaltou o diretor da IES, Paulo Rafael Nascimento.
 
A estudante de Fisioterapia, Fernanda Mendes, disse que o estágio vai proporcionar uma importante construção profissional. “O Centro engloba várias áreas que já aprendemos em sala de aula. Estou ansiosa para aprender ainda mais, pôr em prática e ajudar ao máximo na recuperação dos pacientes”, explicou a estagiária.
 
 
 

Comentários