Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Sete marchinhas de carnaval que te ensinam a cair na folia com saúde

Confira estas dicas para brincar os quatro dias com energia e sem problemas
Por: Paula Brasileiro 24/02/2017 - 08:14 - Atualizado em: 24/02/2017 - 08:18
Chegou o Carnaval! Cuide-se para aproveitar bem os quatro dias
Chegou o Carnaval! Cuide-se para aproveitar bem os quatro dias

Falta apenas um dia para uma das festas mais esperadas do ano pelo brasileiro. O Carnaval está aí com inúmeras oportunidades de diversão e alegria mas, para a festa ser perfeita, é preciso cuidar da saúde para aguentar os quatro dias de brincadeira. Já no clima da folia, confira algumas dicas importantes - em ritmo de marchinha de carnaval - para manter-se saudável durante a festa.

"Deixa as águas rolar" 

As águas vão rolar
Garrafa cheia eu não quero ver sobrar
Eu passo a mão no saca, saca, saca rolha
E bebo até me afogar
Deixa as águas rolar

Os versos desta marchinha atentam para a importância da hidratação durante a folia. É importante consumir bastante água para manter o corpo bem hidratado, sobretudo pelo carnaval coincidir com o verão, estação mais quente do ano. O indicado é ingerir de dois a três litros de líquidos por dia. Além da água, estão liberados os sucos naturais de frutas - que também fornecem um açúcar natural, a frutose, que repõe a energia do folião - água de coco ou até mesmo bebidas isotônicas, que repõem eletrólitos como sódio, potássio e magnésio.

"Cachaça não é água não" 

Se você pensa que cachaça é água
Cachaça não é água não
Cachaça vem do alambique
E água vem do ribeirão

Ao contrário do que dizia a primeira marchinha, esta daqui lembra que não se pode exagerar das bebidas alcoólicas durante a festa. O álcool é potencialmente diurético e, por isso, promove uma eliminação de líquidos muito grande podendo provocar desidratação. As dicas para um consumo seguro são: moderação, intercalar um copo de bebida alcoólica com um de água e, também, comer algo antes de começar a beber e durante, também. Estas medidas evitam intoxicação, alcoolimia e mal estar. E, claro, se beber não dirija.

"Traz a boia que ainda sobrou do jantar" 

Numa lata Zé Marmita traz a boia
que ainda sobrou do jantar
Meio-dia, Zé Marmita faz o fogo
Para a comida esquentar

É preciso manter a barriga cheia para aguentar a brincadeira. Além de não deixar de lado a alimentação, é importante tomar alguns cuidados na hora de comer durante a festa. Os foliões acabam deixando para se alimentar na rua e o perigo de ingerir produtos contaminados é grande. A recomendação é escolher locais idôneos, sempre observando a procedência e qualidade dos alimentos, ou também, aqueles que vendam muita comida, porque têm renovação frequente dos pratos. Evite alimentos muito gordurosos e pesados, como carnes, que exigem uma digestão mais prolongada e facilitam complicações gastrointestinais. Além disso, use sempre canudos e lave bem as embalagens, latinhas e garrafas, antes de consumir o que há em seu interior.

"Chiquita Bacana se veste com uma casca de banana"

Chiquita Bacana, lá da Martinica
Se veste com uma casca de banana nanica
Não usa vestido, não usa calção
Inverno pra ela é pleno verão

O indicado é fazer como a Chiquita Bacana e escolher roupas leves para cair na folia. Dê preferência a peças com fibras naturais, como algodão, linho e seda e evite tecidos sintéticos que aumentam a transpiração. Cuidado também com os calçados. Prefira os abertos e mais confortáveis e nada de salto alto.

"O sol estava quente e queimou a nossa cara"

Allah-lá-ô, ô ô ô
Mas que calor ô ô ô ô ô ô
Atravessamos o deserto do Saara
O sol estava quente e queimou a nossa cara

O carnaval acontece bem no auge do verão. O calor é intenso e os cuidados com a pele são imprescindíveis. O uso do filtro solar durante o dia é indispensável, sem se esquecer de retocar ao longo da folia. Também é indicado evitar a exposição direta nos períodos de pico de sol.

"Bota a camisinha que hoje tá chovendo, não vai fazer calor"

Bota a camisinha, bota meu amor
Que hoje tá chovendo, não vai fazer calor
Bota a camisinha no pescoço, bota geral
Não quero ver ninguém sem camisinha
Pra não se machucar no carnaval

A folia acaba deixando as pessoas mais soltas e propensas aos encontros, mas, sexo precisa ser seguro. Muitas doenças como gonorreia, herpes, sífilis e o vírus da Aids, podem ser transmitidos através de uma única relação sexual. Portanto, o uso do preservativo, a camisinha, é uma necessidade absoluta. Tomando este cuidado, além de prevenir contra doenças, você também evita o risco de uma gravidez indesejada.

"Se você não dormir, como é que eu vou pra gafieira?"

Nana, nenê
É muita choradeira
Se você não dormir, como é que eu vou pra gafieira?

Parece impossível pedir descanso durante os dias de carnaval, mas o corpo precisa de uma pausa. Sem descansar fica difícil manter o ritmo nos quatro dias de folia. Caso a farra se estenda noite adentro, procure acordar um pouco mais tarde no dia seguinte para compensar. O corpo precisa de seis a oito horas de sono para se recuperar. Tirar cochilos ao longo do dia também ajuda a manter as energias equilibradas.

 

Comentários