Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Quando o Microempreendedor Individual deve declarar o IR?

Declaração é obrigatória para o empreendedor que faturou acima de R$ 28.559,70 em relação ao ano anterior
Assessoria de Comunicação Por: Paula Cruz 14/03/2019 - 11:02
A imagem mostra as mãos de uma pessoa segurando uma calculadora e fazendo cálculos
Quando o Microempreendedor Individual deve declarar o IR?

Os brasileiros estão em período de declaração de imposto de renda até o dia 30 de abril de 2019. No caso do microempreendedor individual (MEI), é preciso ficar atento a algumas especificidades no ato da declaração. É um momento de ficar atento para quais obrigações os proprietários das empresas devem realizar.

Segundo o professor da disciplina de empreendedorismo da UNINASSAU, Flavio Burgos, o microempreendedor individual deve declarar imposto de renda pessoa jurídica (IRPJ), informando sua receita bruta anual. “O empresário apenas estará isento no caso de a renda anual não ultrapassar o valor de R$ 28.559,70, em relação ao ano anterior”, explicou o professor.

“Mensalmente, o MEI precisa comprovar pagamento de Imposto de circulação de mercadoria e serviços e contribuição previdenciária, com relatórios mensais que informem quanto a empresa lucrou, investiu e quantas entradas e saídas de serviço, até mesmo caso não tenha obtido retorno financeiro é preciso registrar”, completou Burgos.

Caso o MEI não acerte suas contas com o leão, seja por não entregar a declaração ou por não pagar seus impostos, o governo tem o direito de cancelar o CNPJ do empresário por inadimplência e, assim, este volta a ser um profissional informal no mercado e perde alguns direitos, como, por exemplo, emitir nota fiscal.

A prestação de contas é feita através do site da receita federal ou por meio de aplicativos que podem ser baixados em smartphones. Aqueles que precisarem pagar impostos podem fazer o pagamento em até oito cotas, desde que as parcelas mensais não sejam inferiores a R$ 50,00 (cinquenta reais). Aos que perderem o prazo estarão sujeitos a multa de 1% sobre o total devido.

 

Comentários