Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Profissional dá dicas para não cometer erros nas confraternizações da empresa

Analista de carreiras da UNINASSAU Salvador orienta como se comportar durante a festa do trabalho
Assessoria de Comunicação Por: Natali Reis 22/12/2017 - 11:38
Imagem mostra pessoas comendo em uma mesa
É preciso manter uma postura adequada para as ocasiões
Muitas empresas gostam de reunir os funcionários para premiá-los pelo bom desenvolvimento profissional ou mesmo celebrar o aniversário da firma, dos colegas e principalmente nas datas comemorativas de fim de ano que não podem passar em branco. A confraternização é o momento de distração, é uma boa oportunidade para aliviar o estresse, se aproximar do chefe e também daqueles colegas que você quase não tem contato direto devido a correria do trabalho. No entanto, é preciso manter uma postura adequada para as ocasiões.
 
Para entender como se comportar durante as comemorações, a analista de carreiras da Faculdade UNINASSAU Salvador, Sheila Silva, listou várias dicas e assegura que o mais indicado é criar o rapport, ou seja, empatia e observar as ações das pessoas à sua volta para então agir com atitudes similares.
 
Não se pode esquecer que, mesmo sendo uma confraternização da empresa e que muitas vezes acontece fora do local de trabalho, estaremos celebrando com colegas que atuam conosco dentro da organização todos os dias. Porém muita gente ainda comete muitas gafes. Silva cita, por exemplo, roupas amarrotadas, uso de decotes e transparência, roupas extravagantes, muito justas, consumo em excesso de bebidas alcoólicas, encher prato como se fosse a última refeição do dia e entre outros. “A cautela e o equilíbrio devem prevalecer nesses tipos de comemorações, já que, mesmo estando em um ambiente descontraído, ainda assim, você é um funcionário daquela empresa”, explica.
 
Sheila ainda enfatiza que muitas pessoas pisam feio na bola com o chefe nesse tipo de festa, puxando assunto sobre trabalho, e aproveitando o momento para falar sobre insatisfações e até pedir aumento salarial. “Muita gente se expõe de forma negativa com seu superior, se exaltando demais e até causando constrangimento em relação ao abuso da intimidade com o mesmo. Vale lembrar que ele ainda é seu chefe”, cita.
 
A especialista ainda alerta para consequências que podem ser sofridas caso o funcionário se exceda nas confraternizações. “Ele certamente ficará com a imagem negativa, sendo motivo para falatório dentro da empresa, isso pode sim comprometer a sua credibilidade dentro da organização, perante seu superior e seus subordinados”, conclui.
 
Após essas dicas, você já pode curtir as festas da sua empresa com tranquilidade.

Comentários