Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Profissão farmacêutica é tema de encontro na UNINASSAU Aracaju

O evento visa promover a integração entre os alunos em torno do curso
Assessoria de Comunicação Por: Susy Guimarães 13/03/2019 - 15:18
Imagem mostra farmacêutica em pé
Encontro acontece no próximo dia 20 de março
‘Profissão farmacêutica: arte e técnica’, esse é o tema do encontro com alunos que o curso de Farmácia da UNINASSAU Aracaju, estará realizando no próximo dia 20 de março, a partir das 19h, no auditório da Instituição. O evento coordenado pela professora Ana Paula Belizário, mestra em Farmácia e responsável pelo curso na Faculdade, tem por objetivo dar continuidade ao processo de recepção e integração com os alunos.
 
 
Para o diretor da UNINASSAU Aracaju, Yuri Neiman, é de grande relevância promover ações que venham incentivar a integração dos alunos com os cursos escolhidos. “Para nós é de suma importância fazer com que os alunos se interessem pelo curso e mantenham um bom entrosamento entre si. O curso de Farmácia é um dos mais procurados e falar sobre a importância da profissão é um grande estímulo para os futuros farmacêuticos”, disse Neiman.
 
 
De acordo com a professora do curso de Farmácia e coordenadora do evento, Ana Paula Belizário, o evento visa estimular a troca de experiência entre os discentes. “Faremos um encontro para promover uma boa interação entre os alunos do primeiro período e os demais estudantes do curso manhã e noite”, afirma. Ainda segundo ela, os estudantes devem perceber a diferença entre a farmácia social e clínica. “É importante observar o lado social do medicamento e a importância do farmacêutico nas construções das ações ligadas a assistência farmacêutica. Ainda é de grande relevância abranger vários pontos que se referem a relação com o paciente”, observou Ana Paula.
 
 
Medicamentos  
 
 
A professora atentou que é muito importante saber o qual a relação do paciente com o medicamento e a qualidade de vida que ele possui. “Há toneladas de medicamentos utilizados por dia que precisam de cuidados especiais. Existe ainda o contexto hospitalar, a prescrição desse medicamento e sua administração. É uma sequência em que o médico prescreve, o farmacêutico cuida da manipulação e de como esse medicamento será administrado. Por fim o enfermeiro administra”, esclareceu a farmacêutica.
 
 
Advertindo a população sobre automedicação e interações medicamentosas, Ana Paula disse que é preciso cuidado com certos medicamentos como ácido acetilsalicílico (substância do conhecido melhoral e AAS) que pode causar sangramento em pessoas com ulcera gástrica por exemplo. “Tudo isso é de grande importância e estaremos discutindo no evento que será aberto ao público e a todos que se interessarem pelo tema”, concluiu a professora.
 
Social - Quem desejar participar basta comparecer ao evento levando 1kg de alimento não perecível. Não há inscrições.  
  
 
 

Comentários