Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Responsabilidade Social


Praia sem Barreiras celebrou o carnaval na praia de Boa Viagem

A ação social aconteceu no último sábado (27) pela UNINASSAU, Prefeitura do Recife e Empetur
Assessoria de Comunicação Por: Rosivaldo Vitorino 29/01/2024 - 10:05 - Atualizado em: 06/02/2024 - 10:07
Imagem: Divulgação
O UNINASSAU - Centro Universitário Maurício de Nassau, em parceria com a Prefeitura da Cidade do Recife (PCR) e a Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur), realizou o Carnaval do Projeto Praia sem Barreiras. A atividade aconteceu no último sábado (27), no Posto 07, na Avenida Boa Viagem, na esquina com à Rua Bruno Veloso.

Além de oferecer um refrescante banho de mar acessível para pessoas com deficiência física e/ou mobilidade reduzida, a programação incluiu uma vibrante apresentação da Orquestra de Frevo.  A prévia carnavalesca foi aberta a todos os públicos, promovendo inclusão e diversão para todos.

"O Praia sem Barreiras é uma iniciativa social dedicada à inclusão e acessibilidade. Nosso principal propósito é proporcionar momentos de lazer de qualidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Com esse objetivo em mente, reunimos esforços para organizar uma festa de carnaval, garantindo que todos possam participar plenamente da folia”, destaca Sérgio Murilo, diretor de Governança Social da UNINASSAU.

O Projeto Praia Sem Barreiras teve início em 2013, proporcionado o acesso à praia de Boa Viagem e ao banho de mar assistido às pessoas com deficiência física ou com mobilidade reduzida. A ação funciona de sexta-feira a domingo, das 08h às 13h, sempre em dias em que a maré está baixa. Para facilitar o acesso dos usuários, é montada uma estrutura na areia com uma esteira especial que levam as pessoas até o mar, além do uso de cadeiras anfíbias. Elas possuem braços que funcionam como boias e cintos para não haver o risco de quedas. Toda a assistência é dada por estudantes de Fisioterapia, Educação Física, Enfermagem e Turismo da UNINASSAU. Todos os voluntários passam por capacitações para poder atender melhor aos usuários.

Comentários