Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Educação


Pesquisa usa terapia com animais em consultas odontológicas

Projeto faz parte de pesquisa que tem o objetivo de diminuir o medo das crianças durante o atendimento
Assessoria de Comunicação Por: 03/11/2023 - 11:32
Imagem: Divulgação

Por Rosivaldo Vitorino

Segundo estudo publicado na National Library of Medicine em 2019, a interação com animais treinados em consultas, principalmente cães e gatos, apresenta bons efeitos terapêuticos , proporcionando experiências mais agradáveis e menos estressantes. A presença deles gera um ambiente mais descontraído e empático, fomentando confiança e relaxamento para os pacientes.

Na busca por métodos inovadores e eficazes para tornar o tratamento odontológico infantil menos intimidante e mais acolhedor, o UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Recife, campus Boa Viagem, iniciou um projeto de pesquisa relacionado à Terapia Assistida com Animais (TAA). Essa abordagem transformadora tem o intuito de diminuir o medo e a ansiedade tão comuns no ambiente odontológico, especialmente entre crianças.

“Esse tipo de terapia é um campo relativamente novo, com poucos artigos publicados. Contudo, seu potencial na odontopediatria não deve ser subestimado. A presença do cão de terapia durante os atendimentos busca regular os hormônios da emoção, reduzindo o medo e a ansiedade associados ao dentista. Essa abordagem, inserida em um projeto de pesquisa e de iniciação científica, tem o propósito de avançar no entendimento dos benefícios da terapia assistida com animais nesse contexto”, ressalta o coordenador do curso de Odontologia da UNINASSAU Boa Viagem, Arnoldo Filho, responsável pela ação.

O projeto, ainda em fase inicial, integra a rotina de atendimentos da Clínica-Escola da Instituição, promovendo a interação das crianças com cães de terapia por meio de atividades lúdicas, como observação dos dentes e simulação de injeções. O objetivo é desmitificar o contexto odontológico e tornar a experiência desses pequenos mais positiva durante o tratamento.

"O cachorro desempenha um papel crucial no sistema límbico, responsável por processar emoções, comportamento e memória. Já é evidente seu impacto positivo na medicina, como nos casos dos cães-doutores, que visitam hospitais levando alegria a crianças em momentos difíceis. Nossa intenção é estender esse benefício a nossos pequenos pacientes, tornando as consultas mais acolhedoras e eficazes, contribuindo para um futuro de sorrisos saudáveis e livres de medo", explica o coordenador.

Os atendimentos com a presença do animal vão acontecer até o final do semestre na Clínica-Escola de Odontologia da UNINASSAU Boa Viagem, localizada na Rua Jonathas de Vasconcelos, 316, Térreo. Para outras informações e agendamentos, os interessados devem entrar em contato pelo telefone (81) 3413-4669.

Comentários