Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Carreiras


No Dia do Veterinário, alunos da Uninassau Recife comemoram avanços da profissão

Por: Mari Frazão 09/09/2016 - 15:20 - Atualizado em: 13/09/2016 - 11:31
Dia do Veterinário é comemorado nesta sexta (09)
Saúde. Foto: David Mark

Mariano Nader, aluno do sétimo período de Medicina Veterinária da Uninassau, no Recife, é categórico: “Queria ser veterinário antes mesmo de saber o nome da profissão”. O estudante de 30 anos lembra que os desenhos animados não fizeram parte de sua infância: “Nunca gostei de desenhos, amava mesmo os documentários sobre vida animal”. A paixão, herdada do pai, foi cultivada durante toda a vida em um apartamento cheio de bichinhos.

Karollyne Andrade, aluna do segundo período, tem uma história parecida, porém ambientada em um lugar muito mais verde: um sítio. Assim como Mariano, ela lembra de uma infância ao lado do pai e dedicada aos cuidados com os animais. Nesta sexta-feira (09), os dois universitários têm muito o que comemorar: na data é celebrado o Dia do Veterinário.

A profissão, regulamentada no Brasil desde 23 de outubro de 1968, colhe os louros desses 48 anos de luta e dedicação: ao longo dessa história, foram desenvolvidas especializações e exames complementares de fundamental importância para seus pacientes. Mariano vê a reabilitação de animais selvagens e silvestres, e a conscientização da população a respeito deles, como um dos maiores avanços da categoria. “Hoje existe uma troca de informações entre a medicina humana e a veterinária, e isso é muito importante”, observa. Artur Fernandes, coordenador do curso, complementa a fala do aluno: “As pessoas têm visto os veterinários além do cuidado com os animais. Os conhecimentos da veterinária começaram a ser utilizados também para a promoção da saúde humana e esse reconhecimento pra mim é um dos maiores avanços”. 

Mesmo que a passos curtos, a categoria já obteve muitos êxitos. Há dez anos, por exemplo, praticamente todos os médicos veterinários eram clínicos gerais; hoje é possível encontrar muitos profissionais especializados no mercado, como oncologistas, ortopedistas e oftalmologistas. Além disso, a manutenção da saúde animal é realizada de forma muito mais eficaz, com foco na prevenção e no diagnóstico precoce. Atualmente, as chances de detecção de doenças graves, através de exames tomográficos e ressonância magnética, são muito maiores.

Na Uninassau, o curso tem quatro anos de trajetória, de acordo com Artur. Ao longo de 10 semestres, nos primeiros anos os alunos aprendem teoria e prática em sala de aula, depois vivenciam a profissão através de um estágio supervisionado obrigatório. Além disso, o estudante constrói uma base sólida, o que é muito importante na hora de escolher a área de atuação com a qual terá mais afinidade - prevenção, controle, erradicação e tratamento das doenças, traumatismos, controle da sanidade dos produtos e subprodutos de origem animal para o consumo humano, entre outras. 

Comemoração

Para comemor a data, desde a última quinta-feira (08) até esta sexta-feira (09), os alunos da Uninassau participam da Semana do Médico Veterinário, com palestras e debates. 

Comentários