Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Mães Produtivas ilumina o caminho de Valéria

“Meu limite é o céu”, conta Valéria, estudante de Pedagogia e entusiasta do futuro
Por: Camilla de Assis 16/03/2017 - 08:00 - Atualizado em: 16/03/2017 - 11:56
Foto: Reprodução
Valéria concilia estudos, casa, trabalho e, principalmente, cuidados com a pequena Larissa
Luta. Esse é o sinônimo para retratar o dia a dia das mães beneficiadas pelo Projeto Mães Produtivas, da UNINASSAU - Centro Universitário Maurício de Nassau, que oferece bolsas de estudo em cursos EAD. Esse benefício é dado a mulheres que têm filhos com necessidades especiais e estão cadastradas na ONG Aliança das Mães e Famílias Raras (Amar).  
 
Mas se engana quem pensa que a luta as enfraquece. Todos dias, essas mulheres travam batalhas contra as dificuldades e, com ajuda de amigos, familiares e com o apoio dos estudos, conseguem superar. Esse, pelo menos, é o perfil de Valéria Pereira Santos, de 33 anos, que é mãe de Larissa, de 3 aninhos, nascida com microcefalia.
 
No 3º período do curso EAD de Pedagogia da UNINASSAU, Valéria tem uma rotina repleta de atividades, por conta da filhinha. Moradora do Córrego do Jenipapo, na Zona Norte do Recife, às segundas, Larissa frequenta a terapia, das 13h às 17h. Como Valéria conseguiu um benefício do Governo de Pernambuco que as levam para as sessões, têm que sair de casa por volta das 11h. “Nós almoçamos por lá com o pessoal [da terapia]”, conta a mãe de Larissa.
 
 
Já nas terças-feiras, Valéria trabalha como doméstica para uma família no bairro de Casa Amarela. A tripla rotina faz parte da sua vida. “Eu chego cedinho no trabalho e saio por volta das 15h30 por conta de Larissa”, aponta. A quarta tem a mesma rotina da segunda. Por fim, na quinta e na sexta-feira, Valéria também trabalha, igual à terça. Os fins de semana, segundo a mesma, são para lazer e práticas religiosas. “Sábado é dia de diversão. Levamos Lari ao parque, à praia ou ela fica nos vídeos dela enquanto eu vou estudar. Já domingo adoramos o Senhor no culto evangélico na igreja”, detalha Valéria.
 
Por conta das diversas atividades realizadas durante o dia, a mãe de Larissa não via condições de cursar o ensino superior, mas tudo mudou com o Projeto Mães Produtivas. “Não seria viável entrar numa faculdade porque Lari fica doente e eu teria que ou não ir ou faltar muito. Mas com a possibilidade de estudar EAD, me fez concretizar um sonho que antes parecia inalcançável”, assegura. 
 
Em meio a tantas desafios, como o ainda desconhecido futuro, Valéria não se submete às tristezas das complicações do dia a dia. Sempre com um sorriso no rosto, a mulher - e também mãe de outros dois filhos, busca dar o melhor de si para lidar com sua rotina cheia de afazeres: cuidar da filha, dos outros dois filhos, ter tempo com o marido, cuidar da casa, trabalhar e ainda estudar. 
 
Este último desafio está sendo concluído com gosto de gás pela doméstica, que já pensa na sua pós-graduação. Confira no vídeo abaixo o depoimento de Valéria, uma das tantas Mães Produtivas beneficiadas com a oportunidade de ter qualificação e expectativas para o futuro.
 
*Com colaboração de Pedro Oliveira
 
Gostou da história de Valéria? Comente aqui!

Comentários