Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Fotografia: conheça técnicas digitais que deixam imagens a nível profissional

Com a ajuda da tecnologia, qualquer pessoa pode conseguir fazer boas fotos diante de uma lente digital, basta saber usar algumas técnicas, confira!
Por: Taísa Silveira 22/01/2018 - 10:34
Fotografia: conheça técnicas digitais que deixam imagens a nível profissional/ Reprodução/Pixabay
Fotografia: conheça técnicas digitais que deixam imagens a nível profissional/ Reprodução/Pixabay

Escrito por Rebeca Ângelis

Em tempos de tecnologia, é cada vez mais comum querer registrar um momento importante da vida com fotografias. No entanto, nem todo mundo consegue fazer aquela foto perfeita. No mercado atual, existem novas câmeras e ferramentas auxiliam qualquer pessoa a descobrir ferramentas de manipulação e tratamento de imagens. Pensando nisso, elaboramos algumas técnicas que podem te ajudar a aproveitar cada momento das câmeras digitais e não perder mais nenhum clique. Confira!

Luz de janela

Conhecida também por Hora Dourada (Golden Hour), consiste em uma das técnicas mais importantes para a fotografia. Trata-se da fotografia ser feita em horários estratégicos para uma melhor iluminação. Os horários podem ser ao nascer ou pôr do sol.

Com um filtro natural, é fácil fazer registros da angulação do sol, bem como os elementos que ele ilumina, de diversos ângulos e poucas sombras aparentes. Nesse tipo de técnica é preciso fotografar rapidamente, devido a condição favorável da luz, que logo vai embora.

Longa exposição 

Queridinho entre os fotógrafos profissionais, o efeito de longa exposição é uma das técnicas utilizadas para registrar imagens do céu, principalmente durante a noite. O efeito é atingido quando o se deixa o obturador da câmera aberto por mais tempo que o normal. Dessa forma, mais luz entra na lente e forma o clássico efeito das fotos noturnas, ou até mesmo os lightpaintings.

Para esse tipo de clique sair com mais perfeição, é necessário o uso do tripé, assim como câmeras de ajustes manuais de diafragma e exposição. O uso dessas ferramentas evita que a foto saia tremida e sem qualidade.

Efeito de Contraluz

Como o próprio nome já diz, essa é uma das técnicas mais utilizadas por fotógrafos, que consiste no objeto a ser clicado entre a lente da câmera e fonte luz. Dessa forma, o ambiente produz luz apenas na parte de trás do objeto, e não na frente como normalmente acontece. Esse efeito faz com que o fundo fique claro e produza imagens de silhuetas para o objeto que aparece à frente.

Panning 

Apesar de ser uma das técnicas que requer um pouco mais de experiência e paciência, o Panning também pode ser realizada por qualquer câmera fotográfica. Seu efeito consiste em fazer com que a imagem fique imóvel e o seu fundo com velocidade. Para atingir tal efeito, é preciso movimentar a câmera DSLR na mesma velocidade e direção em que o objeto está se movimentando. O obturador da câmera precisa ficar aberto por um tempo suficiente para que o movimento seja capturado e não muito a ponto de borrar toda a imagem. Geralmente é de um segundo, mais ou menos.

Efeito Bokeh

O bokeh nada mais é que um desfoque em forma de disco formado pelas luzes do fundo da imagem fotografada. Para essa técnica, é preciso diminuir a profundidade de campo ao aumentar até o máximo a abertura da lente, assim como nas fotografias macro. É preciso também desfocar as fontes de iluminação ao fundo do ambiente a ser fotografado, para que elas fiquem em formatos de “bolinha” na imagem.

Resumindo, o efeito Bokeh é atingido pela distorção dos detalhes e das fontes de luz ao fundo da imagem.

Tem em saber mais sobre o assunto? Conheça o curso presencial de Fotografia da UNINASSAU!

 

Comentários