Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Estudantes embarcam para intercâmbio na América do Sul

Três estudantes da UNINASSAU Fortaleza embarcam para Chile e Argentina
Assessoria de Comunicação Por: Diogo Cordeiro 28/02/2020 - 15:06
Imagem mostra estudantes que irão viajar para Chile e Argentina
Jovens conseguiram bolsas de intercâmbio no Chile e na Argentina
Vivenciar nova cultura e idioma, aperfeiçoar conhecimentos e ter oportunidade de estudar em universidades renomadas pelo mundo é o sonho de muitos estudantes quando ingressam no ensino superior. E esse desejo está prestes a se realizar para as estudantes Bárbara Viana, Kallyandra dos Santos e Ana Kézia Santos da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Fortaleza, que foram selecionadas no Programa de Bolsas Ibero-Americanas 2019, do Santander.
 
As jovens são alunas dos cursos de Psicologia e Enfermagem da Instituição e escolheram como destino universidades na Argentina e Chile. A primeira estudante a embarcar foi Ana Kézia, que desde o dia 21 de fevereiro está em Santiago, no Chile. A jovem passará os próximos meses na Universidad del Desarrollo. De acordo com a intercambista, a experiência propiciará amadurecimento pessoal e profissional. “Sou muito grata a UNINASSAU ter me proporcionado essa oportunidade. Estou com muitas expectativas positivas para o intercâmbio”, relata a estudante.
 
Já as estudantes de Psicologia da UNINASSAU Bárbara e Kallyandra embarcam no dia 04 de março para Tucumán, na Argentina. As jovens irão estudar neste semestre na Universidad del Norte Santo Tomás de Aquino. Como disciplinas, as intercambistas optaram por cursar Métodos y técnicas psicoterapéuticas, Psicologia de la Religion e Evaluación Psicológica. As aulas estão previstas para início no dia 14 de março e de acordo com Bárbara, a oportunidade será muito enriquecedora para seu futuro profissional. “Vai ser uma experiência incrível, além de ter contato com outra cultura e idioma”, ressalta.
 
Para sua colega de curso, Kallyandra, a bolsa propiciará a jovem “vivenciar uma cultura diferente e ter contato com estudantes de outros países”, frisa a jovem, que já pesquisou sobre o modo de vida dos habitantes da cidade e possibilidades de atuação da psicologia. “Espero construir, desenvolver e aperfeiçoar meus conhecimentos e práticas da ciência psicológica”, finaliza.
 
Vale ressaltar que o programa de intercâmbio concede bolsa equivalente ao valor de 3 mil euros, para custear passagens, hospedagem e outros custos das intercambistas durante o semestre no exterior.  Para o reitor da Instituição, Marcus Ponte, a UNINASSAU, por meio do grupo Ser Educacional, seu mantenedor, busca incentivar e promover oportunidades para que o estudante complemente sua trajetória acadêmica vivenciando culturas em outros países.
“É um compromisso que a UNINASSAU exerce em ampliar os horizontes do acadêmico. Estamos orgulhosos das nossas estudantes que irão vivenciar essa experiência, e que com certeza irá agregar em suas carreiras profissionais”, finaliza o reitor.  
 

Comentários