Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Educação


Estudantes diagnosticam câncer bucal durante atendimento popular

Caso aconteceu na Clínica-Escola de Odontologia da UNINASSAU, em Capim Macio
Assessoria de comunicação Por: 07/04/2022 - 13:44 - Atualizado em: 08/04/2022 - 13:56

Uma situação diferente aconteceu durante um dos atendimentos na Clínica-Escola de Odontologia do UNINASSAU - Centro Universitário Maurício de Nassau, em Natal. Durante uma consulta popular, estudantes do 5º período identificaram um câncer de boca em um paciente. 

 

O caso ocorreu na última semana. “A paciente chegou na Clínica com uma queixa de uma dor devido a um cisto que apareceu após a remoção de um dente, mas, ao fazer o exame clínico, diagnosticamos uma lesão bem semelhante à de um carcinoma, assunto que tínhamos estudado recentemente em aulas teóricas”, conta Thiago Fonseca, aluno do 5º período do curso de Odontologia da UNINASSAU, e que participou do atendimento clínico do caso. “Depois dessa primeira avaliação, a paciente foi encaminhada para um procedimento de biópsia e a peça cirúrgica foi encaminhada para o laboratório de patologia, que, por fim, confirmou o diagnóstico clínico prévio, identificando o câncer de boca”, complementou.

 

O câncer de boca é o 5º mais comum do país, mas identificá-lo pode ser um desafio. Trata-se de um tumor maligno que pode surgir em diversas áreas da boca, como lábios, gengiva, bochechas e língua, e pode ser ocasionado por diversos fatores de risco, como exposição aos raios solares, fumo, excesso de álcool, ou ainda pela genética. A doença é silenciosa, e os sintomas podem ser confundidos, muitas vezes, com outras patologias bucais, como, por exemplo, uma inflamação após realizar um procedimento dentário, como foi o caso da paciente diagnosticada na UNINASSAU Natal.

 

“O câncer de boca é bastante assintomático e, por isso, o diagnóstico, por vezes, demora a ser feito, pois o paciente só procura o atendimento com o cirurgião-dentista quando já está com um quadro de dores e lesões. Além disso, em Natal, são poucos os locais que realizam esse serviço de avaliação da cavidade oral com foco na detecção de lesões e, posteriormente, na realização de biópsias para validar o diagnóstico de câncer”, explica o Dr. Ciro Dantas Soares, professor e orientador responsável pelas práticas clínicas de odontologia da UNINASSAU.

 

Para Emilly Vitória, aluna que também participou deste e de outros atendimentos na Clínica, o atendimento popular oferece uma troca essencial entre os estudantes e a população. “Fazer parte desse momento, em termos de aprendizagem, foi muito bom, pois tivemos a chance de identificar na prática algo que havíamos visto apenas em sala de aula. Além disso, como o diagnóstico do câncer bucal é mais difícil de ser realizado, é superimportante que a população tome conhecimento dos atendimentos da Clínica-Escola da UNINASSAU e venha se consultar”, reforça Emilly.

 

As Clínicas-Escola de saúde populares da UNINASSAU estão localizadas na Rua Antônio Queiroz de Melo, 2790, no bairro de Capim Macio. Para marcar uma consulta, basta entrar em contato por meio no número de WhatsApp (84) 3344-7809.

 

Comentários