Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Estágio em odontologia: preparação do aluno para a vida futura

É nas clínicas escola que os estudantes aprendem o ofício na prática. Além disso, eles são preparados para lidar com a profissão de forma humanizada
Por: Paula Brasileiro 26/04/2017 - 15:10 - Atualizado em: 26/04/2017 - 16:00
No estágio supervisionado, os estudantes são preparados para o exercício profissional.
No estágio supervisionado, os estudantes são preparados para o exercício profissional.

O curso de Odontologia prepara o aluno para prevenir e diagnosticar problemas na saúde oral, além de realizar tratamento buco-dentário em pacientes de qualquer faixa etária, Porém, mais que isso, existe a preocupação em entregar ao mercado de trabalho um profissional capaz de atender seu paciente de forma humanizada, contemplando a totalidade do indivíduo e oferecendo-lhe atenção em sentido ampliado.

 

LEIA MAIS
Conheça também a Clínica Escola de Fisioterapia e a Clínica Escola de Psicologia da UNINASSAU

 

Na graduação, além do conteúdo teórico, os alunos têm a oportunidade de aprender o ofício nas Clínicas Escola, durante estágios supervisionados, a partir do quinto período. "O aluno tem a oportunidade de pôr em prática toda teoria discutida em períodos anteriores", explica a professora Ana Carolina Leitão, responsável pela Clínica de Atenção à Criança e Adolescente da UNINASSAU, onde os alunos podem atuar a partir do oitavo semestre..

Ana Carolina explica como funciona o estágio: "O objetivo é o aprendizado clínico do aluno que já cumpriu o conteúdo teórico de Odontopediatria. Durante o semestre, o discente tem a oportunidade de atender pacientes de zero a 15 anos, conhecendo as necessidades bucais específicas relacionadas a cada fase do ciclo biológico". Segundo a professora, os futuros profissionais realizam o atendimento odontológico supervisionado através de procedimentos preventivos, restauradores e cirúrgicos sempre sob a supervisão de docentes, odontopediatras e preceptores.

A experiência dá ao aluno a oportunidade de praticar a teoria vista em sala e o prepara para o atendimento ambulatorial. Mas, a formação deste futuro profissional vai além do fazer prático da profissão, como explica Ana: "A preparação do aluno não se esgota no ambiente físico da clínica. A partir de discussão de casos e da participação em projetos sociais, ele é exposto a conhecer e se sensibilizar com distintas realidades sociais e, assim, compreender a função maior de um profissional de saúde, como educador, como alguém que deve estar apto a escutar e a buscar soluções."

Você já estagiou ou está estagiando? Divida conosco a sua experiência.

 

Comentários