Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Esporte na universidade: promoção da saúde e ajuda no custeio dos estudos

Integrar as equipes de esporte da instituição, além de auxiliar no desenvolvimento físico e psicológico, pode te ajudar a custear a mensalidade. Descubra mais
Por: Paula Brasileiro 05/04/2017 - 08:00 - Atualizado em: 05/04/2017 - 08:00
Aliar a prática esportiva aos estudos pode fazer bem à saúde e ao bolso
Aliar a prática esportiva aos estudos pode fazer bem à saúde e ao bolso

Integrar o time de esportes da faculdade pode ser uma ótima oportunidade de manter a  atividade física e saúde em dia, aumentar o círculo de amizades e, de quebra, ainda conseguir uma bolsa para ajudar no custeio dos estudos. A UNINASSAU conta, atualmente, com equipes de futsal, vôlei, basquete e atletismo e qualquer aluno interessado - e que já seja praticante de alguma dessas modalidades - pode se tornar um atleta bolsista.

LEIA MAIS
UNINASSAU é o único de Pernambuco a competir na LBF
Conheça a história do basquete

Não há pré-requisito específico para integrar as equipes a não ser estar apto à prática esportiva. Qualquer aluno, de quaisquer curso e período podem se inscrever e concorrer a uma vaga nos times. O Coordenador de Esportes da instituição, Hermógenes Brasil, explica como proceder: "Primeiro, procurar o departamento de esportes, depois realizar avaliação junto ao treinador da modalidade escolhida". O aluno também pode entrar em contato com o próprio coordenador através do email hermogenes@sereducacional.com ou pelo telefone (81) 3334-4720.

Em relação às bolsas oferecidas, o valor do desconto na mensalidade é estabelecido de acordo com o desempenho do atleta. Mas, os ganhos em ser atleta bolsista vão além, como garante Hermógenes: "O esporte ensina a cumprir regras, respeitar o espaço dos outros, ter horários e obedecer aos professores. Junto ao estudo, complementa e faz o seu futuro após a aposentadoria das quadras".

 

Que tal se juntar a uma das equipes? Qual esporte você pratica? Conta pra gente. 

 

Comentários