Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Especialista dá dicas para elaborar um bom currículo

Em um período de crise, ter uma apresentação que fale bem de você logo na primeira impressão é um diferencial
Assessoria de Comunicação Por: Vinicius Albuquerque 25/05/2017 - 10:31 - Atualizado em: 25/05/2017 - 13:37
imagem mostra um currículo
Elaborar o currículo é uma tarefa que exige atenção a diversos detalhes
Com taxas de desemprego em alta no Brasil, conseguir uma vaga no mercado não é uma tarefa fácil. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de pessoas sem trabalho subiu 13,7% no primeiro trimestre deste ano. Diante de um cenário ruim, especialistas orientam que algumas estratégias devem ser utilizadas para quem quer voltar a trabalhar ou mesmo procurar o primeiro emprego. Considerado um cartão de visita dos candidatos, o currículo ainda é visto como o primeiro passo para o tão almejado espaço.
 
Apesar de parecer simples, elaborar o currículo é uma tarefa que exige atenção a diversos detalhes. Ao contrário do que muitos pensam, colocar dezenas de cursos e empregos anteriores nem sempre é positivo. A professora Lúcia Xavier, graduada em Gestão da Qualidade e especialista em Gestão Empresarial, explica que o documento precisa ter foco na vaga. "Escolha sempre aquilo que vai agregar ao perfil que o selecionador procura. Não adianta colocar experiências que são completamente diferentes da vaga oferecida".
 
Responsável pela disciplina Desenvolvimento Pessoal e Empregabilidade em cursos como Administração e Gestão de Recursos Humanos da Faculdade Maurício de Nassau, em Natal, a docente acrescenta que um dos pontos de maior dúvida é o campo do objetivo. “É nessa área que você vai dizer a que vaga está se candidatando. Se no anúncio já estiver explícito a oportunidade, você pode copiar o mesmo que está lá. Caso contrário, você deve dizer claramente a que função ou cargo deseja se candidatar".
 
Outro detalhe que ela acrescenta é a escolha da foto. "O currículo é um cartão de visita. A partir dele, o entrevistador vai ter a primeira impressão sobre você. Temos que ter cuidado com fotos muito informais, como as que usamos em nossos perfis das redes sociais", orienta. 
 
E ela ainda traz outra dica. Experiências com trabalhos voluntários ou intercâmbios também podem ser acrescentados, caso você perceba que trará benefícios para a seleção. "Esses pontos podem ser considerados positivos pelo avaliador porque mostram um pouco das experiências sociais e culturais que você teve. Colocá-las ou não vai depender da vaga a qual a pessoa está se candidatando", finaliza.
 
OPORTUNIDADES
Outra forma de garantir uma vaga no mercado de trabalho é agregando experiências no período em que se estuda. A analista de Carreira do Núcleo de Empregabilidade e Carreiras (NEC) da faculdade, Aparecida Oliveira, relata que muitos estudantes acabam sendo contratados ao concluir o curso depois de um período de estágio. 
 
"Além de disponibilizar para os alunos vagas abertas com as empresas parceiras no Portal Carreiras, o NEC oferece sempre treinamentos e orientações para os nossos alunos que vão desde a elaboração de um currículo, como se portar em uma entrevista de emprego e até como ter uma boa postura dentro do ambiente de trabalho", afirma.
 

Comentários