Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Entenda a importância da alimentação adequada para saúde do seu pet

Especialista explica como uma dieta rica em proteínas, vitaminas e minerais faz toda a diferença para a saúde dos pets
Assessoria de Comunicação Por: 29/04/2022 - 16:46 - Atualizado em: 16/05/2022 - 16:38

Por Amanda Rodrigues

 
A alimentação é um importante pilar para a saúde e bem-estar de cães e gatos. Por isso, é fundamental que os tutores tenham conhecimento sobre a dieta ideal para o seu pet. Uma má alimentação pode acarretar sérios problemas de saúde, como obesidade e diabetes.
 
A médica veterinária mestra e doutora em zootecnia na área de Nutrição e Produção Animal, Ana Gabriela Cordeiro, destaca os cuidados necessários para garantir uma boa alimentação aos animais e ressalta a importância do acompanhamento adequado. "A alimentação de cachorros e gatos domésticos pode ser tanto ração quanto a alimentação natural, no entanto, é sempre importante se atentar a uma alimentação específica para a idade do pet e, caso tenha alguma doença, também considerar esse fator. Caso o tutor busque pela alimentação natural, importante fazer o acompanhamento com o nutrólogo ou especialista na área para não ter deficiência de vitaminas e minerais", explica.  
 
Para os tutores que preferem alimentar seus pets com carnes, o ideal é que a proteína seja cozida para evitar contaminação por bactérias. “Na alimentação natural, é possível acrescentar também as vísceras, que possuem carga nutricional maior se comparado a carne bovina ou de frango dentre outros nutrientes”, complementa Ana Gabriela, que também é professora do curso de Medicina Veterinária do UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau. “Em uma das disciplinas do curso, Nutrição Animal, estudamos com muita atenção quais os componentes ideais para a alimentação de cada tipo de animal, comparando não apenas sua raça e estatura, como também históricos de saúde, idade e fatores genéticos”, explica.  
 
Outro fator importante para levar em consideração é a quantidade de alimento oferecida e quantas vezes ao dia. Ana Gabriela recomenda que a quantidade diária total seja dividida em até 2 porções para os adultos e 3 a 4 para os filhotes, dependendo da idade. "Vale a pena ressaltar que a rotina na oferta da dieta é importante, principalmente horário e local. O animal condicionado a rotina diminui a ansiedade na comida, pois sabe que irá receber sua refeição sempre no mesmo horário ", recomenda a médica veterinária. 

Comentários