Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Dia dos avós: saiba como você pode adotar um avô ou avó

Confira como você pode participar
Por: Elaine Guimarães 26/07/2019 - 12:00 - Atualizado em: 25/07/2019 - 15:32
Nesta sexta-feira (26) é comemorado o Dia dos Avós. A data foi escolhida em razão da celebração do dia de Santa Ana e São Joaquim, avós de Jesus Cristo e pais da Virgem Maria, tornando-os, para os católicos, padroeiros das avós e avôs. 
 
Figuras que transmites acalanto, dedicação e amor, os avós aparecem como peças fundamentais na criação e formação de caráter dos netos. No entanto, alguns idosos vivem em situação de abandono e negligência familiar. Logo, o sentimento de amor se transforma em solidão e saudade. 
 
Em diversos abrigos, avós e avôs aguardam alguém para conversar, demonstrar afeto ou uma simples visita. Diante desse cenário, algumas instituições que abrigam idosos possuem uma iniciativa chamada de “Adote um avô”. O projeto consiste em levar voluntários para fazer companhia e promover ações em abrigos, onde há idosos e idosas que estão sem receber visita de familiares. Desde sua implantação, a iniciativa atendeu mais de mil avós e avôs. 
Se interessou pelo projeto? Confira como você pode participar:
 
1. Mapeando os espaços
Se na sua cidade há muitos abrigos, é necessário que você listá-los para, posteriormente, entrar em contato por telefone, e-mail ou rede social para agendar uma visita, de acordo com os horários estipulados pela instituição, e conhecer o espaço.
 
 2.  Necessidades do abrigo
Após o contato com lares de idosos, durante a visita é importante perceber quais são as necessidades do local e tentar saná-las, levando em consideração sua situação financeira. Além do aporte financeiro, a maioria das instituições é carente de material humano. Se houver a possibilidade de voluntariado, disponibilize-se.
 
3.  Adoção
Criando uma familiaridade com o local e pessoas que fazem parte dele, você pode escolher um avô ou avó para adotar. Com isso, suas visitas passam a ser regulares e, caso seja possível, auxilie nas despesas com medicamentos, roupas e produtos de higiene e limpeza pessoal, principalmente fraldas.
 
Gostou da iniciativa? Conheça o nosso curso de Serviço Social!

Comentários