Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Dia de Reis: fique por dentro de algumas curiosidades relacionadas ao dia dos Três Magos que visitaram o Menino Jesus

Marcele Lima Por: 04/01/2019 - 18:12 - Atualizado em: 06/01/2019 - 08:00
Dia de Reis/Pixabay
Dia de Reis / Pixabay

Segundo tradição Cristã, no dia 06 de janeiro, três reis magos seguiram a estrela de Belém até o menino Jesus, que acabara de nascer. Levaram consigo presentes para dar ao bebê, cada um deles com um significado especial. É uma celebração comum para Igreja Católica e marca o final do ciclo natalino, queimar a lapinha e dar o pontapé inicial para os festejos carnavalescos.

Confira algumas curiosidades

 

Quem eram os Reis Magos?

Não se sabe ao certo se eram exatamente três ou se eram de fato reis. O que se tem de certeza, por estar descrito na Bíblia, no livro de Mateus, é que os que ficaram na história e os “donos” da Festa de Reis são Baltazar, Gaspar e Melchior (ou Belchior). A origem dos três homens também não é unanimidade. Fala-se que era magos que vinha de regiões diferentes do Oriente e que só sabiam o local exato da manjedoura com Menino Jesus porque foram guiados pela Estrela de Belém.

E que estrela seria essa?

Existem centenas de questionamentos sobre a origem da estrela de Belém. Há os que digam que ela seria o próprio Jesus, outras mais científicas. Em uma dessas, inclusive, fala-se que o fenômeno visto pelos magos seria o cometa Halley, mas de acordo com os especialistas, não existe essa possibilidade, por uma questão de datas. Outros falam que dois planetas podem ter ficado tão próximos naquela época, resultando em uma conjunção planetária, causando uma luz intensa, semelhante a uma grande estrela. De acordo com o astrônomo britânico, Patrick Moore, que morreu em 2012, tudo não passou de uma chuva de meteoros. Fato é que os Reis Magos chegaram até Nazaré.


 

 

Os presentes

Os Reis magos presentearam Jesus com objetos que tinham simbologia e origens distintas.

Mirra - Trata-se de uma planta medicinal de origem africana, que pode ser encontrada também no Oriente Médio. Muito utilizada para embalsamar corpos e curar feridas, foi entregue por Baltazar e representava a imortalidade.

Ouro - Presente do Melchior. Representava a realeza, reconhecendo Jesus como rei dos Judeus.

Incenso - A tradição é indiana, e significa fé na espiritualidade. Gaspar deu incenso a Jesus por acreditar na sua divindade.

 

 

É hora de guardar os enfeites do natal e desmontar a árvore?

O dia de Reis, para os católicos, é o ideal para encerrar o ciclo e juntar todas os adereços natalinos, desmontar a árvore e para muitos, é a hora da entrega dos presentes, fazendo alusão ao momento bíblico. Para os cristão de outras religiões, não existe uma data certa. Pode ser dia 06 de janeiro ou qualquer outro dia entre o natal e a páscoa, ou até em 13 de janeiro, que representaria o dia do batismo de Jesus.

 

 

 

 

Tradição Nordestina

Uma celebração que é cheia de fé e sincretismo popular, que nasceu no século 19, trazida pelos jesuítas para o Brasil, a queima da lapinha faz parte do calendário de encerramento dos festejos de final de ano. A lapinha é o presépio, onde ficam as imagens do menino Jesus e seus pais. O ritual de queima envolve diversos personagens da cultura popular nordestina, o principal deles é o Pastoril.

A cerimônia começa com a apresentação dos grupos e posteriormente é feita a retirada das imagens da lapinha para que ela seja queimada, ao invés de se jogar os enfeites, considerados sagrados, no lixo. Enquanto a manjedoura é queimada, o público presente joga seus pedidos para o ano novo nas chamas. O ritual abre o ciclo carnavalesco em muitas cidade, como o Recife.

 

E você comemora o Dia de Reis?

Comentários