Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Dez dicas de como dominar a apresentação de TCC

O fim de um curso é, para qualquer um, uma época cheia de emoções. E não é só pela iminência de se lançar ao mundo como um profissional completo, não! É porque o TCC, o famoso Trabalho de Conclusão de Curso, está aí e não vai se apresentar sozinho.
Por: Taísa Silveira 01/12/2016 - 11:18 - Atualizado em: 26/06/2017 - 08:34
Imagem: Shutterstock
Seguindo essas dez dicas não tem como não se dar bem na hora da apresentação
Para que a defesa do seu TCC seja o grand-finale perfeito para a sua graduação, a UNINASSAU conversou com a professora de Engenharias e Comunicação Maria Clara Pestana e reuniu algumas dicas que vão lhe garantir uns pontos a mais perante a banca examinadora. 
 
Inscreva-se no vestibular!
 
1 - Entenda do assunto
Parece óbvio e até desnecessário citar, mas esse é o ponto mais importante da lista. Você tem que ter extrema certeza do que vai falar e de todos - todos! - os pontos do seu trabalho de conclusão de curso. Por isso, leia, releia e depois leia mais uma vez e se certifique que sabe sobre o quê escrito mais que qualquer outra pessoa no mundo. 
Aproveite também para finalmente analisar o seu trabalho como um todo. Você passou muito tempo se dedicando ao material por partes. “A melhor parte do TCC é a apresentação. Só aí que a gente realmente vê o trabalho completo”, comenta a professora Maria Clara. 
 
2 - Um roteiro de apresentação é bem-vindo...
“...para se preparar, não para ler!”, avisa a orientadora. Já leu e releu o trabalho todo? Procure então anotar os pontos principais e crie um roteiro claro e eficiente para sua apresentação com introdução, desenvolvimento e conclusão. Defina direitinho o que será necessário destacar durante o tempo de sua fala, que será limitado. Esse roteiro também servirá como uma base para a elaboração dos seus slides. Mas na hora “h” lembre-se de deixar esse roteiro bem longe: você não vai querer ler nada na hora de se apresentar e mecanizar tudo, certo? Veja aqui três dicas para se dar bem em apresentações orais.
 
3 - Na dúvida, ensaie
É bom que você não conte que é só chegar, apresentar e correr para o diploma. O seu trabalho deve ser compreendido e avaliado dentro de um tempo limitado e, por isso, ensaiar duas, três, quatro dezenas de vezes, o que você vai abordar, é um movimento muito recomendável. 
Uma outra dica nesse sentido é tentar se preparar previamente para os comentários e questionamentos dos professores. Sim, gaste um tempo imaginando o que será cobrado e já tenha uma resposta pronta: prevenção nunca é demais. Não é à toa que a apresentação é conhecida também como defesa de TCC. Isso vai lhe ajudar a ter segurança em tudo o que responder! 
E, no caso de algum dos examinadores lhe dirigir uma pergunta para a qual você não tem resposta, exercite a sinceridade e diga que não sabe - ou que não era aquele o foco do trabalho.
 
4 - Cuidado como fala 
Numa apresentação, a comunicação é uma das coisas mais importantes a se ter cuidado. Por isso, tente não falar muito rápido (mesmo que considere o tempo muito pouco), ou a banca pode perder alguma parte do discurso. Considere também o tamanho da sala e a quantidade de pessoas presentes: você está lá para que lhe ouçam - e bem -, então module a voz de acordo com o necessário. Também seja firme e formal: nada de gírias ou vícios de linguagem e pegue leve nas gracinhas! “Por isso é bom treinar, você tira esses vícios do discurso”, reforça a professora. 
 
5 - Sua postura é importante 
Chegado o momento de se postar à frente do público. O que fazer? O que dizer? Como sobreviver? Qual o sentido da vida??? Bom, a melhor dica é se adequar à ocasião. Vista-se de forma discreta e dê preferência a cores neutras (preto e branco são aposta certa) e invista no bom e velho formal. “Não precisa ser chique, pode ser simples”, explica Maria Clara. 
Outra coisa que deve ter a sua atenção é a forma de se mover. Tente não gesticular muito e evite andar demais pela sala para não desviar a atenção das pessoas presentes. “Já vi aluno andando pela sala e arrastando os pés e outra praticamente dançando, tal qual uma bailarina”, relembra a professora. Não é preciso dizer que nada disso é adequado. Mantenha-se o máximo de tempo possível encarando os espectadores e, se o nervosismo for demais, escolha uma única pessoa e foque nela. Só não fique olhando para a parede, com o olhar perdido. 
 
6 - Cuidado com os seus materiais
Para realizar uma ótima apresentação de TCC, você vai precisar de: slides com seu assunto, um computador e um projetor. O modo de preparo é mais simples do que parece: lembre-se de não exagerar na quantidade de slides e que o combate à poluição visual também é importante. Assegure-se que a projeção não tenha informações ou distrações demais, esse material existe apenas para ajudar a conduzir e ilustrar a apresentação. Os planos de fundo, fontes e recursos gráficos devem ter um padrão e o texto deve ser o mínimo possível. “Os slides não podem ter muito texto para que o aluno não fique ‘tentado’ a ler”, avisa a professora Maria Clara Pestana. 
No dia, leve os slides em um pen drive, no pen drive reserva, suba para a nuvem, salve no e-mail, no celular… E não, isso não é exagero. Aproveite para fazer uma revisão de funcionamento do computador e do projetor. Segundo Maria Clara, uma hora de antecedência é o suficiente para conferir tudo o que precisa e resolver possíveis problemas técnicos. “Se tiver algo que possa dar errado, vai dar errado, se você deixa tudo para cima da hora”, avisa Clara. É bom não dar chance para a Lei de Murphy, não é? 
 
7 - Assista a outras bancas
As apresentações de TCC são abertas na maioria das instituições, então que tal fazer uma visita a algumas? Aproveite para observar como se comportam alunos e examinadores e preste atenção ao processo da defesa, incluindo as perguntas que a banca direciona aos examinados. Isso ajuda a tirar todo medo e o mistério que envolvem esse processo. Na UNINASSAU, as datas, horários e temas dos TCCs sempre são publicados no blog dos cursos. 
 
Sabe aquele ditado antiquíssimo “você é o que você come”? Então foco em ser (e comer) algo leve, saudável e cheio de energia! Aposte em peixes, alimentos ricos em ômega 3, que ajudam a memória, carboidratos complexos e frutas. 
Certifique-se também de comer regularmente: café, lanche, almoço, lanche e jantar, no mínimo, vão garantir um corpo bem nutrido e pronto para encarar as emoções da apresentação do TCC. 
 
9 - Faça exercícios vocais/corporais
Retomando os ditos antigos e muito certos, desta vez em latim: o “mens sana in corpore sano” todo mundo já ouviu falar. Um corpo equilibrado sustenta melhor a mente, então você deve se dedicar a isso, sim! Lembre-se de não exagerar em exercícios físicos ou em alimentação pesada nos dias anteriores à apresentação e, quando chegar o dia, aposte em uma boa sessão de alongamento. Isso vai ajudar a ter mais energia para defender seu trabalho quando chegar a hora. Também tome cuidado com sua voz: exercícios vocais, beber bastante água e um bom descanso para a garganta só irão fazer bem.
 
10 - Tente relaxar antes
O dia anterior, assim como o dia da apresentação, é um momento importante. Se puder, tire esse dia para se dedicar a atividades relaxantes, que joguem o nervosismo para bem longe. Vale ouvir música, sair para um passeio leve, ver um filme, conversar com os amigos, se dedicar a um hobby… você decide. O importante é estar livre de parte da carga de nervosismo. Relaxe e concentre ouça música, converse, faça exercícios de respiração e alongamento. Se tudo estiver preparado com antecedência, vai ser muito mais fácil respirar tranquilamente e se divertir (sim, porque não?) no dia da sua defesa de TCC. 
Como disse Maria Clara Pestana: “A chave do sucesso é a organização”. 
 
E você? Já está se organizando para arrasar na apresentação? Conta aí!

Comentários