Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Contra o câncer, pratique exercícios!

No dia em que é lembrada a luta contra o câncer, descubra uma forte aliada que ajuda a combater a doença: atividade física
Rebeca Ângelis Por: 04/02/2019 - 10:43 - Atualizado em: 21/02/2019 - 16:08
Contra o câncer, pratique exercícios!/ Rebeca Ângelis/LeiaJá Imagens
Contra o câncer, pratique exercícios!/ Rebeca Ângelis/LeiaJá Imagens

Em algum momento da vida,você já deve ter ouvido alguém falar que, para ter uma vida saudável, é preciso praticar exercício físico regularmente. Tais benefícios são amplos que se estendem, inclusive, na prevenção e tratamento do câncer. No passado, pacientes em tratamento de doenças crônicas, como câncer ou diabetes, deveriam manter-se em repouso e reduzir suas atividades físicas. Hoje em dia, isso tem mudado. Prova disso são as recentes pesquisas, que demonstram a prática de exercícios como forma, não somente segura, como também de auxílio à disposição do corpo e qualidade de vida do paciente.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), 80% das causas do câncer estão ligadas ao estilo de vida que levamos. Como, por exemplo, hábitos alimentares pouco saudáveis e falta de exercícios físicos. Especialistas da saúde recomendam que pessoas, entre 18 e 64 anos, pratiquem pelo menos 150 minutos de atividades moderadas por semana. O que equivale a 20 minutos por dia, aproximadamente.

Esses hábitos ajudam a amenizar a inflamação do organismo, sendo a peça-chave no combate à enfermidade, já que os exercícios equilibra a produção de estrogênio. A exemplo disso, um projeto idealizado há 40 anos, no Hospital do Câncer reúne cerca de 40 mulheres com câncer de mama. Lá, elas descobrem o poder de nascer novamente, por meio das variadas formas de estarem ativas. Através de encontros semanais, elas praticam múltiplas modalidades de exercícios no projeto intitulado "Renascer".

Conheça também nosso curso de Educação Física!

Alongamentos, danças, pilates, são apenas algumas das modalidades que cada uma delas praticam, acompanhadas de equipe multidisciplinar, dentro dos respectivos limites de tratamento. O resultado não só auxilia todas a se recuperar de forma mais rápida do tratamento, como também a reerguer-se apesar das dificuldades encontradas durante esse caminho de cura.

Confira no vídeo:

 

Comentários