Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Conheça as cinco maiores maratonas do mundo

As disputas fazem parte de um grupo chamado ‘World Marathons Majors, que englobam corridas com mais de 42 km
Marcele Lima Por: 18/02/2019 - 17:13
Conheça as cinco maiores maratonas do mundo/Pixabay
Conheça as cinco maiores maratonas do mundo/Pixabay

Considerada como “viciante”, as corridas quase sempre começam na busca por uma prática de exercícios físicos para qualidade de vida, com passos lentos, que logo ganham velocidade. Quem faz a atividade garante que ela vicia e traz diversos benefícios para corpo. De acordo com uma pesquisa publicada pela Fundação americana de cardiologia, correr de cinco a dez minutos por dia em velocidades lentas reduz os riscos de desenvolvimento de doenças fatais ao coração. Sem falar que correr ajuda a emagrecer de maneira saudável.

Cresce no mundo inteiro a quantidade de provas e maratonas de corridas realizadas ao longo do ano. No Brasil, temos a tradicional Corrida de São Silvestre, que ocorre no dia 31 de dezembro, que atrai atletas profissionais e amadores de diversos países do mundo. Muitos deles não competem nem pela premiação, pelos primeiros lugares, mas pela vontade e felicidade que é participar de um evento deste porte.

Conheça algumas das maiores maratonas do mundo

1. Maratona de Londres (Inglaterra)

Disputada desde abril de 1981, é uma das mais importantes maratonas do mundo. São mais 42 km de corrida, em um percurso plano, que facilita a quebra de recordes. No meio do caminho estão pontos turísticos famosos da capital Inglesa, como Palácio de Buckingham, o Parlamento, a Tower Bridge, o Big Ben e o rio Tamisa. A corrida foi criada pelo ex-campeão olímpico de atletismo Chris Brasher e possui premiações que giram em torno de US$ 1 milhão (mais de R$ 3,4 milhões).

A maratona também realiza arrecadações para caridade. De acordo com os organizadores, em 2006, conseguiram reunir o valor mais elevado no mundo com fins solidários – cerca de £41,5 milhões (€ 52 milhões).

A corrida é transmitida ao vivo nos canais britânicos e em 2018 bateu recorde de inscritos, chegando a ter 368 mil pessoas interessadas em participar. A rainha Elizabeth saudou os competidores logo na largada desta edição.

2. Maratona de Nova York (EUA)

Tradição no anual, a maratona de Nova York é realizada sempre no primeiro domingo de novembro e conta com mais de 50 mil participantes de mais de 100 nacionalidades e milhões de espectadores.

A primeira edição foi organizada em 1970, por Fred Lebow e Vince Chiappetta e ocorreu dentro do Central Park. A Maratona percorre os cinco distritos de Nova York, começando em Staten Island e terminando em Manhattan, chegando a 42km de corrida.

Para se inscrever é preciso planejamento. As vagas são disputadas e geralmente o prazo começa um ano antes e existe um sorteio que garante a participação dos corredores.

Entre os fatos curiosos que ocorreram neste evento estão 3 mortes ocasionadas por ataque dos coração logo depois da prova, entre eles está um brasileiro chamado Carlos José Gomes, de 58 anos, de São Paulo. Conforme autópsia, o homem possuía doenças pré-existentes . Já outro brasileiro, Marílson Gomes dos Santos, é o único sul-americano a ter vencido até hoje, em 2006 e 2008.

Em 2012, o Furacão Sandy impediu a realização da maratona e em 2013, Joy Johnson, de 86 anos, foi a mulher mais velha a completar a maratona de Nova York. A idosa faleceu no dia seguinte.

3. Maratona de Boston (EUA)

A Maratona de Boston é um das mais famosa, antigas e tradicionais corridas de rua do mundo. É realizada desde o ano de 1987  e a partir do ano de 1927 passou a ter 42,195 km de disputa, indo de Hopkinton e Boston, no estado de Massachusetts, Estados Unidos.

No começo participavam corredores dos Estados Unidos e do Canadá, no entanto com o crescimento da prova, atletas e amadores do mundo inteiro sentem-se atraídos pela maratona de Boston.

Desde o começo, a maratona sempre foi predominantemente masculina, mas muitas mulheres participavam disfarçadas. Hoje, elas são cerca dez mil, que disputam oficialmente cada edição.

Os vencedores das disputas são premiados em dinheiro, conforme categoria. Somente no ano de 2009, os vencedores, masculino e feminino, receberam 150 mil dólares cada.

É considerada uma das maratonas mais difíceis por ter percurso entre as colinas de Newton, que são uma série de quatro colinas, sendo a maior delas com cerca de 600 metros de subida.

Em 2013, duas bombas feitas com panela de pressão explodiram durante a disputa da maratona. Três pessoas acabaram morrendo e muitas ficaram feridas. Os artefatos explodiram a 190 metros de distância uma da outra e os irmãos chechenos  Dzhokhar Tsarnaev e Tamerlan Tsarnaev foram apontados como os responsáveis pelo atentado.

4. Maratona de Berlim  (Alemanha)

Criado em 1974 por atletas de um clube local, o evento é considerado o mais rápido de todos, por conta das boas condições climáticas do local da disputa e pelo percurso plano.  A maratona existe desde 1974 e dez recordes mundiais já foram quebrados. Anualmente, cerca de 40 mil corredores participam da corrida. Junto com outras cinco provas, ela forma a World Marathon Majors.

A maratona é realizada em dois dias. No primeiro dia participam pessoas com deficiência, ciclistas e patinadores. Também existe uma versão para crianças, com percurso reduzido. No outro, os demais competidores. A organização oferece premiação de 1 milhão de dólares, divididos entre os competidores profissionais, homens e mulheres.

A Maratona de Berlim era disputada no lado ocidental até a queda do muro, que, durante 28 anos, formou uma ilha capitalista na cidade. Hoje, os corredores rodam pelas duas metades, A largada e a chegada ocorrem no Portão de Brandemburgo, foi neste ponto que Napoleão Bonaparte celebrou sua vitória sobre a Prússia em 1806 e os nazistas marcharam para comemorar a chegada de Adolf Hitler ao poder em 1933.

5.Maratona de Tokyo (Japão)

Uma das maratonas mais concorridas do mundo, não é à toa que está entre as maiores. Possui um 42,195 km de percurso e este ano está marcada para março. Existe desde 2007 e não há divisão de gênero para disputa. Ela é a junção de duas outras maratonas disputadas no Japão, que precisaram ser fundidas, por conta da logística e organização. A disputa mista fez com que crescesse o número de inscrições, chegando a passar dos 300 mil.

A curiosidade desta prova é que o percurso é muito limpo e ainda existem cerca de 10 mil voluntários que são apoio durante todo caminho, oferecendo atrações aos espectadores, estes que passam da casa do milhão, que distribuem de água a sushi para os corredores.

Os competidores também chamam pela forma como estão vestidos. Muitos vão para às ruas utilizando a roupa de seu personagem favorito, do super herói famoso. No trajeto, pontes, palácios e torres envolve os participantes de diversas nacionalidades na cultura nipônica.

Gosta de esportes? Venha conhecer o curso de Educação Física, da Uninassau.

Comentários