Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Como os publicitários usam as cores para fazer você comprar

Baseados em estudos da psicologia e da arte, esses profissionais criam combinações cromáticas para estimular a emoção e o consumo do público.
Por: Taísa Silveira 21/11/2016 - 11:50 - Atualizado em: 21/11/2016 - 19:04
Publicidade e o uso das cores
A Publicidade utiliza uma série de cores para remeter sentimentos e estimular nossos sentidos
Por: Paula Brasileiro
 
Azul, vermelho, laranja, amarelo. Para nós, consumidores em potencial, estas são apenas cores. Quando nos interessamos por algum produto ou marca, o fazemos de forma quase automática, sem observar o quanto o seu colorido pode nos influenciar até chegar à compra final. Já os publicitários entendem bem dos significados de cada cor e o poder que ela pode exercer sobre o público. Sendo assim, a escolha entre um rosa ou um verde, para determinado produto, é pensada no sentido de provocar sensações e estimular escolhas, na busca de um resultado satisfatório no que diz respeito à vendas. O curso de publicidade prepara os futuros profissionais para este desafio. 
 
 
No mundo publicitário, as cores são usadas com base em critérios específicos para a criação de propagandas e marcas, entre outros materiais das empresas clientes. O objetivo é atingir a emoção do consumidor, como explica o professor do curso de publicidade da UNINASSAU, Eduardo Dias: “As cores, por si só, não determinam um comportamento, mas podem influenciar, com os vários tipos de associações que a gente cria, para que as pessoas lembrem da empresa através das cores”. 
 
Como funciona 
Segundo o docente, tudo é feito com ajuda da  psicologia, da Teoria de Cores - estudos relacionados entre a luz e a natureza das cores realizados por grandes nomes da ciência como Isaac Newton e Leonardo Da Vinci, entre outros - e da arte. Estes elementos são trazidos para o campo da publicidade e aplicados de modo a sensibilizar  o consumidor fazendo-o memorizar as marcas e escolher suas preferências. A cor de uma logomarca influencia entre 60% e 80% a decisão de compra, como constatou uma pesquisa da Column Five Media.  
 
Dentro da graduação, o estudante vai lidar com essa “alquimia” desde o início do curso. O tema é abordado na disciplina Direção de Arte, mas também aparece em cadeiras como Teoria da Imagem e até nas de vídeo. “Este conteúdo é aprofundado em Direção de Arte mas está presente em todas as outras disciplinas. É um conteúdo teórico que, logo no começo do curso, dá o suporte para que os alunos, a partir daí, consigam saber utilizar as cores. Em todos os semestres é pedido criação de marca e propaganda.”, diz o professor.   
 
Chegando no campo profissional, quem lida diretamente com as misturas cromáticas é o diretor de arte. Geralmente, é dele a responsabilidade de combinar os tons até chegar à associação perfeita, mas em projetos maiores este trabalho costuma ser feito em equipe. “A decisão é basicamente do diretor de arte mas ele não escolhe tudo sozinho. Quando ele vai executar uma campanha, ele precisa saber o que a criativa  já usou e ainda vai usar, então ele não define tudo sozinho. Ele está dentro de um processo que é contínuo”.
 
Entenda melhor quais sensações e emoções as cores podem sugerir:
 
 
 
Eaí, você acha que tem o perfil para ser um publicitário ou publicitária? Já pensou em fazer esta graduação? Deixe aqui seu comentário!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Comentários