Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Como fazer uma ceia vegana e vegetariana

Confira dicas para fazer uma deliciosa ceia sem precisar de carnes
Por: Katarina Bandeira 11/12/2017 - 17:21 - Atualizado em: 11/12/2017 - 17:22

Além das celebrações religiosas que marcam a data, para muita gente, o natal também é sinônimo de mesa farta. Espera-se o ano todo para brigar pela presença (ou não) das passas na comida, atacar o panetone e outros pratos tipicamente natalinos. Diversos tipos de carnes como lombo, chester e o popular peru protagonizam a maioria das festas o que acaba deixando quem é vegetariano, ou tem uma dieta de carnes restrita, refém de acompanhamentos ou saladas. Porém, se você adora o natal, mas não se sente representado na ceia, separamos algumas sugestões para transformar a hora mais feliz da festa em um momento inesquecível, provando que vegetarianos e veganos não precisam comer apenas salada, principalmente durante as festividades de fim de ano.

Frutas: secas ou não

Durante o Natal a família da maioria das pessoas se divide entre o time que não quer olhar para uvas-passas e frutas-secas e o time que coloca os ingredientes em todos os pratos (e se alguém reclamar joga até nos presentes). Mas apesar da má fama, as frutas secas e oleaginosas (como são classificadas avelãs, nozes, castanhas, amêndoas) são ricas em ômega 3, 6 e 9 e fazem muito bem à saúde. Elas são ótimas escolhas para serem combinadas com arroz e farofas, consumidas puras ou até mesmo usadas no processo para fazer leite vegano e dar vida a sobremesas de natal.

Comum nas festas natalinas o Salpicão é um bom exemplo de prato que pode aproveitar estes ingredientes de forma saborosa. Basta colocar em um pote cenoura ralada, maçã picada, milho e ervilha em conserva, salsão picado, azeitonas picadas,cubos de batata cozidos, uva passa ou outras frutas cristalizadas e se preferir carne de jaca desfiada. Misture tudo com maionese (que pode ser vegana ou não, caso você seja vegetariano), mostarda, suco de meio limão, salsinha e cebolinha picadas, sal e pimenta moída a gosto. Guarde na geladeira por pelo menos duas horas e sirva com batata palha por cima.

Inspiração árabe

Hummus, babaganoush, tabule são alguns pratos orientais que podem ser servidos como acompanhamentos, deixando qualquer visita com água na boca. O hummus é uma pasta feita com  grão-de-bico cozido e espremido, batido no liquidificador ou processador de alimentos junto com tahine (pasta de semente de gergelim), azeite, suco de limão, sal e alho. É ideal para ser servido com pedaços de pão sírio, que é mais leve e combina com a pasta. A mesma coisa o babaganoush, que usa o mesmo processo, mas é feito com polpa de berinjela ao invés do grão de bico.

Já o tabule é uma salada libanesa fresca que leva tomates, folhas de salsinha, hortelã, cebola, trigo fino, caldo de limão, azeite, sal e pimenta-do-reino a gosto. Para fazê-la pique e misture salsinha, hortelã, cebola e o tomate sem as sementes. Lave o trigo e deixe-o de molho com meia xícara de água em uma tigela durante 15 minutos. Após esse tempo escora a água, esprema o excesso e reserve. Por fim, misture tudo em uma tigela e tempere com suco de limão, azeite, sal e pimenta e sirva.

Doces e mais doces

E para terminar o jantar, depois da meia-noite, nada melhor do que um docinho, certo? Se até Papai Noel é fã de uns biscoitos (com as frutas oleaginosas, que tal?), você também merece uma sobremesa.  E que tal investir em um mousse de abacate? Você só vai precisa de meio abacate, duas colheres de cacau em pó sem açúcar e uma banana nanica bem madura. Junte todos os ingredientes no liquidificador e bata até virar um creme. Coloque o resultado em um recipiente, leve à geladeira por pelo menos duas horas e sirva!

 

Gostou das nossas dicas de ceia? Conta para a gente se você tem mais receitas veganas ou vegetarianas para o natal! Conheça o curso de Gastronomia da UNINASSAU!

 

Comentários