Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


“Chef” ou “cozinheiro”? Existem diferenças entre os termos?

No dia 10 de maio é comemorado o Dia do Cozinheiro
Thayná Aguiar Por: 10/05/2019 - 09:03
Pixabay

“Chef” e “cozinheiro”, os dois termos são muito conhecidos não só por quem trabalha na área de gastronomia. As duas definições acabam sendo popularmente usadas no dia a dia. Contudo, fica o questionamento: existe alguma diferença entre os significados destas palavras? Se sim, será que usamos de forma correta?

No dia em que é comemorado o “Dia do Cozinheiro”, conversamos com o professor Daniel Dantas, das cadeiras de confeitaria e chocolateria; panificação; e gestão do Grupo Ser Educacional, para esclarecer essas dúvidas. De acordo com ele, há grandes diferenças entre os dois termos e as suas respectivas funções.

“Na verdade, o chefe de cozinha tem uma função semelhante a um gerente geral. Só que no funcionamento de uma cozinha. Todo chefe de cozinha precisa ser cozinheiro, mas nem todo cozinheiro é um chefe”, explica. “Ao contrário do chefe, o cozinheiro trabalha apenas com a produção dos alimentos. Enquanto isso, o chefe precisa lidar com a administração da cozinha, com a organização da sua equipe, controlar o estoque, elaborar um cardápio, entre outras funções.

Segundo o professor Daniel Dantas, ao contrário do que se pensa normalmente, o curso de gastronomia não lhe torna um chef, mas sim um gastrônomo. “É preciso estudar, no mínimo, de 12 à 15 anos para poder se intitular como chefe de cozinha. Fora do Brasil já existem formações específicas para isso, mas aqui não. No nosso país, o título de chef vem com o conhecimento atrelado à experiência”, afirmou.

Desta forma, o cozinheiro é aquele que tem uma formação prática e que atua direto dentro da cozinha, preparando e finalizando comida para o consumo.

E aí? Se interessou pela área da gastronomia? Conheça o curso superior da UNINASSAU. 

Comentários