Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Educação


Bruxismo: ato inconsciente prejudica a arcada dentária

Ele é observado em homens e mulheres, independentemente da faixa etária
Assessoria de Comunicação Por: 05/08/2022 - 16:57 - Atualizado em: 05/08/2022 - 17:00
Por Luiza Fruet
 
Costuma sentir seus dentes desgastados, assim como dores no pescoço, ouvido, mandíbula, cabeça e face? Isso pode ser um sinal de que sofre de bruxismo. É um hábito inconsciente, involuntário e que consiste em apertar, ranger ou causar atrito entre os dentes superiores e inferiores, não acontecendo apenas durante o sono. Esses sinais e sintomas acarretam prejuízos estéticos e funcionais, comprometendo a saúde oral e geral do paciente.
 
A Dra. Márcia Durão, professora do curso de Odontologia do UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Recife, explica que muitas pessoas só descobrem esse hábito quando os sintomas se intensificam e influenciam sua qualidade de vida, decidindo procurar um profissional. “Na maioria dos casos, o bruxismo ocorre durante o sono. Portanto, não tem como o paciente perceber. Desse modo, ele “descobre” quando surgem dores constantes, estalos ao abrir e fechar a boca e sensibilidade dental, queixando-se da dificuldade de higienização e alimentação. Outra forma de ficar ciente é quando o(a) parceiro(a) observa esse hábito e comenta com ele”.
 
“Há alguns pacientes que chegam em situações mais graves, com problemas nos ossos, na gengiva e na articulação da mandíbula, necessitando de uma reabilitação oral complexa. Por isso, é importante ter consultas regulares com um dentista”, adiciona a Dra. Márcia.
 
É evidente a necessidade de instituir algum tipo de tratamento para controlar ou eliminar a frequência e intensidade desta patologia. Com o profissional determinando as causas do problema, que normalmente é multifatorial, é possível definir o plano de tratamento específico pra cada caso. “Há a possibilidade de restaurar a forma, função e estética dos dentes atingidos e usar, normalmente na hora de dormir, uma placa oclusal no formato da arcada dentária para ser usada”, detalha a professora.  
 
Outra opção para evitar o costume de ranger os dentes, é controlar as crises de estresse e ansiedade por meio de exercícios físicos ou medicamentos, quando necessários, prescritos por um profissional.

Comentários