Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Educação


Brasil tem mais de 70 mil casos de tuberculose por ano

Nos últimos dez anos, os casos de mortes no país regrediram em 8%
Assessoria de Comunicação Por: Gabriella Moura 26/03/2020 - 10:10 - Atualizado em: 27/03/2020 - 11:00
Imagem mostra mulher tossindo
Apesar dos números altos, há uma regressão da doença
O Dia Mundial de Combate à Tuberculose foi celebrado na última terça-feira (24). A doença é uma das dez principais causas de morte no mundo, com 10 milhões de casos por ano e 1 milhão de óbitos e mesmo com os avanços da tecnologia e redução do números de casos, ainda gera preocupação nas instituições de saúde do mundo inteiro.
 
A coordenadora do curso de Enfermagem da Faculdade UNINASSAU Petrolina, Ana Paula Andrade, destaca que o comprometimento com o tratamento é essencial.“É uma doença que tem cura, mas o abandono do tratamento é um dos motivos mais recorrentes para a tuberculose estar vitimando tantas pessoas todo ano. Mesmo com redução de mortes em 8% no nosso país, é preciso potencializar o cuidado durante o tratamento para mudarmos esse problema de saúde pública”, frisou Ana.
 
De acordo com o Ministério da Saúde (MS), em 2019, foram mais de 70 mil novos casos no Brasil. A tuberculose, como toda doença infecciosa de longa duração, altera o sistema imunológico da pessoa e oportuniza o surgimento de outras doenças. “Em tempos da pandemia do COVID-19, se a tuberculose não for tratada adequadamente, pode ser uma causa de agravamento de um quadro de infecção pelo coronavírus”, alertou a enfermeira.
 
A transmissão da tuberculose é via aérea por meio de tosse, espirro ou durante a fala. Os principais sintomas são tosse seca ou produtiva por três semanas ou mais, febre vespertina, emagrecimento, cansaço, fadiga e transpiração noturna excessiva. O tratamento é oferecido no Sistema Único de Saúde (SUS) com duração média de seis meses.

Comentários