Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Ao som dos clarins de momo, celebre o Dia do Frevo

Confira a playlist do ritmo que é a marca do carnaval pernambucano
Ruan Reis Por: 14/09/2021 - 09:33 - Atualizado em: 14/09/2021 - 17:57
 
Com mais de 100 anos, o ritmo tipicamente pernambucano não envelhece. Faz ferver as ladeiras de Olinda, preenche as ruas do Recife, encanta o mundo, deixa qualquer um apaixonado, e enche de orgulho o coração dos pernambucanos que celebram, nesta terça-feira (14), o Dia do Frevo. 
 
A data homenageia não somente o nascimento do jornalista Osvaldo Almeida, responsável por consolidar o frevo na imprensa, como também tudo o que esse ritmo traduz: a orquestra na rua, passista no passo, a dança fervorosa, o figurino colorido e a essência de quem é das terras dos altos coqueiros. O ritmo é tão importante que, em 2012, foi reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco.
 
Embora os foliões já estejam em festa ao som dos clarins dourados, não poderão, mais uma vez, homenagear o ritmo nas ruas e ladeiras do Estado devido à pandemia da Covid-19. No entanto, há, de acordo com o cantor e compositor pernambucano André Rio, diversas maneiras de festejar o nascimento do frevo em casa. A dica é “colocar um frevo rasgado para a gente ouvir e celebrar este ritmo tão genuinamente nosso”. 
 
Para o cantor, o importante neste dia é manter a alegria no coração. “Acredito que é fundamental a gente manter a chama acesa escutando nossa música, cantando nosso frevo, fazendo nossos passos e deixando os corações batendo para o próximo Carnaval que será incrível”, diz.
 
Quem deseja aproveitar o dia com grande estilo, listamos, junto com André Rio, algumas músicas clássicas do frevo bastante conhecidas e que não podem faltar na hora de pegar a sombrinha e fazer os passos. Confira:
 

Hino Da Ceroula

Hino do elefante de Olinda

Chuva de Sombrinhas

 

Comentários