Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Alunos da UNINASSAU restauram pintura da Catedral Metropolitana

Atividade é um projeto de extensão desenvolvido pelo coordenador de Arquitetura e Urbanismo
Assessoria de Comunicação Por: 18/12/2018 - 11:30
Imagem mostra alunos durante a restauração
Foto: Adenilton Andrade
Por Breno Leal
 
Os alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, em Maceió, estão participando da restauração das pinturas sacras da Catedral Metropolitana da cidade. A atividade é um projeto de extensão desenvolvido pelo coordenador do curso, o professor Adenilton Andrade.
 
“Este projeto proporciona uma rica experiência no campo da restauração arquitetônica. Só nesta primeira etapa, são 28 estudantes envolvidos. É um projeto social da UNINASSAU em parceria com a Arquidiocese de Maceió e a empresa de restauração Ornato Gregório Rocha”, explica Adenilton.
 
De acordo com o coordenador, os estudantes fazem parte do único projeto de estágio curricular na área de restauro no estado de Alagoas, no qual eles têm a chance de colocar a mão na massa. “Eles removem camadas de tinta, identificam figuras sacras, estudam a policromia das cores daquela época e trabalham na restauração das obras de arte que estão escondidas nas paredes da Catedral”, destaca.
 
Para Dom Antônio Muniz, Arcebispo Metropolitano de Maceió, este trabalho será de grande valia para os alunos, que estão tendo essa experiência, e, também, para a comunidade. “É uma agregação de valores técnicos e culturais que vai beneficiar todos com o visual, com a arquitetura e a conservação do patrimônio histórico. Além disso, a iniciativa treina pessoas que são o futuro da arquitetura da nossa cidade”, pontua o Arcebispo.
 
Cristiano Gregório, responsável por supervisionar os estudantes durante a restauração, reforça a importância do trabalho. "Trata-se de um patrimônio histórico muito importante para o nosso estado. Além disso, vejo como uma forma de aprendizado prático para os estudantes, que estarão em um canteiro de obras e, com certeza, sairão com um diferencial positivo sobre as práticas adotadas no restauro", afirma. 
 
A estudante de Arquitetura e Urbanismo da UNINASSAU Maceió, Dayane Tenório conta que participar desse projeto junto a outros profissionais da área de restauro será muito gratificante. "Vou poder acompanhar de perto o trabalho tão cuidadoso dos restauradores. Pretendo seguir na área de pesquisa e restauro após da faculdade, então, com certeza, esta será uma oportunidade muito valiosa. Tenho certeza que este trabalho abrirá portas para mim no futuro", diz a acadêmica. 
 

Comentários