Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


5 passos para começar a praticar esportes e deixar o sedentarismo de lado

No Dia do Esportista, saiba o que você precisa fazer para começar a prática esportiva de forma saudável
Por: Henrique Nascimento 16/02/2018 - 17:31 - Atualizado em: 19/02/2018 - 08:38
5 passos para começar a praticar esportes e deixar o sedentarismo de lado/Freepik
Por ser de baixa intensidade, a natação é um dos esportes indicados para quem quer começar a praticar exercícios
Você é daquelas pessoas que diz que na próxima semana vai começar a praticar exercícios físicos? Saiba que não está sozinho. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) divulgada em 2017, aproximadamente 100, 5 milhões de brasileiros com mais de 15 anos não realiza nenhum esporte ou exercício. Entretanto, você não precisa continuar fazendo parte desse grupo. Que tal deixar a preguiça de lado e realmente procurar promover mudanças na sua saúde através dos exercícios?
 
Calma, não precisa vestir a roupa de treino agora. No Dia do Esportista, separamos 5 passos que você deve seguir para começar a praticar esportes de forma segura. Para isso, conversamos com Dionizio Ramos, profissional de Educação Física, especialista em Treinamento Esportivo. Confira!

1 Vá ao médico

Antes mesmo de iniciar qualquer prática esportiva é importante ter conhecimento da sua condição corporal. Procurar um médico é o primeiro passo para obter a liberação para realizar atividades físicas. A consulta pode ser feita com um clínico geral, ele solicitará os exames e dará o diagnóstico. 

Caminhada/Freepik2 Procure um profissional de Educação Física

Outra passo importante, independente do local ou do tipo de esporte que será praticado, é consultar um educador físico. Certifique-se que ele possui registro no Conselho Regional de Educação Física. Esse profissional lhe auxiliará, a partir da avaliação médica, na escolha do exercício mais indicado e a frequência com que será feito.

3 Dê prioridade a exercícios que trabalhem o corpo como um todo

Para iniciar a vida esportiva sem desistir nos cinco primeiros minutos é interessante optar por esportes de baixa intensidade que trabalhem o corpo com um todo. São alguns exemplos: a caminhada, o ciclismo e a natação. “Seria menos lesivo para as articulações e geraria algum benefício para o indivíduo que está, por exemplo, sedentário e que quer ao longo do tempo perder massa corporal”, pontua Dionizio. 
 
Exercícios de baixa intensidade resultam na perda de colesterol total e no LDL, o colesterol ruim. Segundo o Colégio Americano de Medicina do Esporte, semanalmente é preciso fazer 150 minutos de exercício de baixa intensidade, o equivalente a 30 minutos diários. Caso seja de alta intensidade, como o Crossfit ou HIIT (treino intervalado de alta intensidade), o Colégio estipula 75 minutos semanais divididos em três dias com duração mínima de 20 minutos cada. 

Ciclismo/Freepik4 Alie o esporte à mudança de hábitos alimentares

“Um dos malefícios [para quem é sedentário], além da falta de prática regular de atividades físicas, também é a alimentação desequilibrada ou inadequada”, por conta disso o professor Dionizio orienta que é necessário consultar um ou uma nutricionista. Esse profissional poderá prescrever a dieta com base na individualidade biológica do paciente. De antemão, quem pratica exercícios físicos deve evitar alimentos de alto teor de calorias e gordura.
 
Não esqueça de se manter hidratado. A cada 15 ou 30 minutos de exercício é preciso tomar no mínimo 250 ml de água. 

5 Mantenha o foco sem sair de casa

Imprevistos acontecem. Às vezes não dá para sair e treinar, mas isso não é desculpa para ficar parado. Deixe a preguiça de lado, ponha sua roupa de exercícios e aproveite o tempo em casa. Alguns exercícios que podem ser feitos sem necessariamente ter o acompanhamento de um profissional são: a flexão dos braços, abdominais curtos (que não elevam excessivamente a região da lombar), polichinelos e agachamentos. Esse último pode ser adaptado como um exercício funcional onde você deve sentar e levantar da cadeira ou do sofá, sempre com a coluna reta. Dessa forma os agachamentos trabalham o fortalecimento da musculatura das pernas. Já falamos aqui também sobre como usar o seu celular para ter uma vida mais saudável.
 
Gostou dos passos? Vai começar a praticar esportes? Compartilhe nos comentários!

Comentários