Clicky

Selecione a cidade
0800 281 9999

Notícias › Educação


5 mulheres que se destacaram na história e que você precisa conhecer

Por: Ruan Reis 08/03/2022 - 11:55 - Atualizado em: 08/03/2022 - 11:56
Arquivo/ONU
Bertha Lutz - Arquivo/ONU

Grandes mulheres estão revolucionando o mundo e conquistando cada vez mais espaços na educação e no mercado de trabalho. Tudo isso vem por meio de muita luta e coragem de enfrentar uma sociedade que, historicamente, tem raiz no patriarcado.

Mesmo com as dificuldades e falta de reconhecimento que enfrentaram - e ainda enfrentam - algumas mulheres se destacam na história da humanidade.

Neste Dia da Mulher, conheça as personalidades que fizeram nome.

1. Bertha Lutz

Em momentos em que nos preparamos para ir às urnas, é importantíssimo falar sobre quem tanto fez para ajudar mulheres do Brasil inteiro a conquistar os direitos políticos. Bertha Lutz foi uma zoóloga, nascida em São Paulo, que foi estudar biologia em Sorbonne e teve contato com o movimento Sufragista inglês, o que chamou a atenção dela para a situação que nos encontrávamos aqui no Brasil. 

2. Rosa Parks

Rosa Parks foi uma grande ativista estadunidense que ficou mundialmente conhecida por não ceder seu assento no ônibus para uma pessoa branca. Durante a década de 1950, a segregação racial nos Estados Unidos era uma realidade muito forte e essa atitude de Rosa fez com que várias lideranças de movimentos negros se manifestassem para de fato acabar com as leis de segregação racial no país, apesar de que ainda hoje, as lutas contra o racismo se fazem necessárias no mundo todo. 

3. Anne Frank 

Anne Frank, que nasceu em 1929 na cidade alemã de Frankfurt, foi uma das vítimas do Holocausto. Tornou-se uma das figuras mais discutidas da história após seu diário ser divulgado. Diário que relatava o tempo que viveu escondida no Anexo Secreto, como também o que sentia e pensava. A jovem Anne, pouco tempo depois que chegou junto com a sua irmã e a sua mãe no campo de concentração e extermínio de Auschwitz, morreu de febre tifóide.

4. Maria Quitéria

Maria Quitéria foi uma verdadeira heroína no processo de Independência do Brasil. Desde cedo ela era muito independente, e assim que soube das lutas pela independência, pediu permissão para se alistar, porém o pedido foi negado. Com a ajuda da irmã e do seu cunhado, cortou o cabelo, se vestiu tal qual os homens da época e se alistou por contra própria. Quando seu pai descobriu que tinha se alistado, foi atrás dela, mas seu superior não permitiu que saísse da luta, por ter um comportamento exemplar e, principalmente, por ser uma das pessoas mais dedicadas e perseverantes.

5. Marsha P. Johnson

Marsha P. Johnson, nascida em 1945 como Malcolm Michaels, foi uma ativista negra e drag queen que se tornou uma figura fundamental contra a repressão policial à comunidade LGBTQIA+, nos Estados Unidos. Marsha ficou bastante conhecida por estar na linha de frente, ao lado de outras drag queens, no ato de protesto contra a repressão depois que um grupo de policiais de Nova York, em 1969, ter feito uma violenta batida no bar Stonewall Inn.

Comentários